Afinal, o Vine vai sobreviver com um novo nome e um novo propósito


Em Outubro, o Twitter, empresa que detém o Vine, anunciou o encerramento da rede social e a remoção das apps móveis no início de 2017. Tudo se mantém, com uma pequena diferença: quando o dia chegar, as aplicação do Vine serão actualizadas com um novo nome e um novo propósito – Vine Camera.

Com o Vine Camera, poderás continuar a criar vídeos de 6 segundos em loop que poderás partilhar no Twitter, publicar noutra rede social ou guardar no telemóvel. Na prática, o Vine perderá todas as funcionalidades sociais e será transformada numa ferramenta de criatividade que tira partido da câmara do telemóvel, à semelhança do Bloomberg do Instagram.

Não foi avançada qualquer data de quando o Vine Camera será lançado e o Vine encerrado. Para já, os utilizadores estão a ser incentivados a descarregar o seu conteúdo (através da app ou do site) e a seguir no Twitter as contas que seguiam no Vine. De recordar que o site do Vine, disponível em vine.co, continuará activo como uma espécie de museu de vines.

Previous Jony Ive abre-nos as portas do misterioso estúdio de design da Apple
Next Messenger adiciona videochamadas de grupo

Suggested Posts