Vê o Ártico a encolher nesta alarmante timelapse da NASA

30 anos de gelo do Ártico a derreter.

Não há como negá-lo. O aquecimento do planeta por consequência da acção humana é uma realidade alarmante e as consequências estão à vista, por exemplo, no desgelo do Ártico. A NASA criou uma animação que mostra o encolhimento da massa glaciar ao longo de três décadas.

De 1984 a 2016. Vê em menos de três minutos o que aconteceu ao Ártico em 30 anos:

O gelo do Ártico está a encolher e, à medida que perde massa, os riscos para os oceanos e para a atmosfera aumentam. “O que vimos ao longo dos anos foi o desaparecimento do gelo mais antigo”, comenta Walt Meier, investigador da NASA, em comunicado. “Este gelo mais velho e mais espesso é como o bastião de gelo do mar: um Verão quente derreterá todo o gelo jovem e mais fino, mas não consegue eliminar o gelo mais velho. Mas este gelo mais velho está a ficar mais fraco porque há em menos qualidade, está mais frágil e também mais fino, de modo que o bastião não é tão bom quanto costumava ser.”

A equipa do Scientific Visualization Studio da NASA criou uma timelapse animada que mostra o gelo a desaparecer do Ártico desde 1984 – em que existiam 1,8 milhões de km2 de massa gelada – até Setembro deste ano – em que esse volume resume-se a uns meros 110 mil km2. O vídeo mostra o gelo jovem em tons mais escuros e o gelo velho a branco.

Partilha nas redes sociais:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
  • Jornalista, adepto de cidades humanas e curioso por ideias que melhorem o país. Co-fundei o Shifter em 2013, sou desde 2020 coordenador do projecto editorial Lisboa Para Pessoas.

Contribui para o Shifter para mais artigos como este:

2 €/mês

5 €/mês

10 €/mês

15 €/mês

Donativo

Artigos Relacionados

Junta-te à Comunidade
Jornalismo é aquilo que fazemos todos juntos. Entra na Comunidade Shifter e faz parte da conversa.
Sabe mais
Em teste

Bem-vind@ ao novo site do Shifter! Esta é uma versão beta em que ainda estamos a fazer alguns ajustes.Partilha a tua opinião enviando email para comunidade@shifter.pt