Google vai ajudar-te a detectar as mentiras dos políticos e dos jornais

Artigos de fact-check vão aparecer destacados nos resultados de busca.

Ao longo dos últimos meses, o fact-check sobressaiu como um novo formato jornalístico, destinado a analisar as veracidade dos discursos e declarações dos políticos e a denunciar as mentiras. Por cá, jornais como o Expresso e o Público fizeram fact-checks aquando das eleições legislativas de 2015.

Na altura em que os Estados Unidos se prepararam para eleger o seu próximo presidente, a Google anunciou que artigos de fast-check vão começar a aparecer com uma etiqueta própria nos resultados de pesquisa no Google News (na versão web e nas apps móveis para iOS e Android).

gnewsfactcheck_02

Para determinar os conteúdos que são fact-check, a Google vai olhar primeiro para o código-fonte do site e depois encontrar as páginas que “seguem os critérios normalmente aceites para fact-checks”. Podes saber mais sobre o processo aqui.

Partilha nas redes sociais:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
  • Jornalista, adepto de cidades humanas e curioso por ideias que melhorem o país. Co-fundei o Shifter em 2013, sou desde 2020 coordenador do projecto editorial Lisboa Para Pessoas.

Contribui para o Shifter para mais artigos como este:

2 €/mês

5 €/mês

10 €/mês

15 €/mês

Donativo

Artigos Relacionados

Junta-te à Comunidade
Jornalismo é aquilo que fazemos todos juntos. Entra na Comunidade Shifter e faz parte da conversa.
Sabe mais
Em teste

Bem-vind@ ao novo site do Shifter! Esta é uma versão beta em que ainda estamos a fazer alguns ajustes.Partilha a tua opinião enviando email para comunidade@shifter.pt