Chegou o Facebook para empresas. É gratuito para escolas e organizações sem fins lucrativos


O Facebook At Work agora chama-se Workplace e é uma nova rede social destinada a empresas de qualquer tamanho. A plataforma inclui algumas das funcionalidades mais populares do Facebook, adaptadas ao contexto empresarial, nomeadamente o News Feed, os grupos, os eventos e o Live. Cada colaborador tem um perfil profissional que pode associar ou não ao seu perfil pessoal.

workplace_02

O Workplace é a resposta do Facebook à ascensão de plataformas como o Slack. Tal como elas, é pago: custa 3 dólares mensais por cada utilizador activo para empresas com até 1000 funcionários; este valor é mais baixo para empresas maiores. A métrica utilizado activo é importante, uma vez que, para emitir a factura todos os meses, o Facebook só tem em conta as pessoas que no determinado mês estiveram activas no Workplace. Importa ainda referir que o Workplace é gratuito (e ilimitado) para todas as escolas, universidades e organizações sem fins lucrativos.

workplace_03

Em comunicado, o Facebook diz que o facto de o Workplace ter como base as características do Facebook, já são familiares aos utilizadores, evita que as empresas tenham despesas com a formação dos seus funcionários para a nova plataforma. O Workplace permite criar grupos para projectos ou departamentos, resolver assuntos através de chat e ainda tem funcionalidades úteis como o Live para uma comunicação interna do director à equipa, os botões de reacções, a pesquisa e o News Feed.

workplace_04

workplace_05

O Workplace é uma opção para todos os negócios, desde os mais pequenos às grandes empresas, e ajuda a conectar as equipas de todo o mundo, em qualquer departamento. É possível também duas empresas trabalharem em conjunto no Workplace, criando um grupo partilhado por ambas. Todos os utilizadores mantém um perfil profissional distinto do perfil pessoal, sendo assegurada a segurança e privacidade de ambos. Não há publicidade em nenhuma parte da plataforma.

workplace_06

O Facebook diz que, se pode conectar amigos e família, pode fazer o mesmo com colegas de trabalho. O Workpace ajuda as organizações a capacitar e inspirar as pessoas a participar e a comunicar, potenciando a cultura empresarial numa nova economia digital e móvel. O site permite conversas bi-direcionais e democratiza a cultura do colaborador, em qualquer parte do mundo. Permite a conexão entre pessoas, não organogramas, refere a empresa em comunicado.

workplace_07

A equipa administrativa da empresa tem acesso a um painel de estatísticas no Workplace, através do qual pode verificar a actividade dos funcionários nos grupos e na restante plataforma. Mais de mil organizações já usam Workplace, comparando com 450 organizações que utilizavam há seis meses e 100 organizações há um ano atrás. Índia, Noruega, Estados Unidos, Reino Unido e França foram os principais pioneiros desta nova rede social empresarial.

Podes pedir acesso ao Workplace aqui.

Previous Depeche Mode são a primeira confirmação para o NOS Alive 2017
Next ‘Trollhunters’: a estreia de Guillermo del Toro na Netflix

Suggested Posts