NOS Em D’Bandada: a edição deste ano já tem data e cartaz


O NOS Em D’Bandada regressa dia 17 deste mês ao Porto com a montra da música portuguesa, agora num formato que cresceu para novas latitudes de expressão portuguesa. Noite africana no Coliseu, ciclo de cinema documental e o regresso do mítico Club Kitten são alguns dos muitos destaques da pluralidade de formatos deste ano.

Viver no Coliseu uma grande festa de música africana, ver na Praça dos Leões dois Sound Systems frente a frente numa manifestação única em espaço urbano ao ar livre, vivenciar o regresso de uma das noites mais míticas do Porto e antecipar a festa com uma mostra de cinema são alguns dos ingredientes que fazem desta uma edição renovada e que aposta na entrega da música às pessoas nas mais diversas formas e géneros.

Há Filmes no D’Bandada.

Este ano, o NOS Em D’Bandada antecipa-se e traz consigo uma mostra de cinema documental com a música como elemento central. Em parceria com o Porto/Post/Doc, vai haver de 13 a 16 de Setembro, na sala Passos Manuel, uma mostra de cinema que contará com a presença de convidados especiais, que irão debater sobre a sua inspiração e os fenómenos de transformação da música contemporânea:

  • JANIS: Little Girl Blue, dirigido por Amy Berg – com a convidada Marta Ren (Marta Ren & The Groovelets) – 13 de Setembro;
  • Punk Is Not Daddy, dirigido por Edgar Pêra – com os convidados David Pontes (Cães Vadios) e Joaquim Durães (Lovers & Lollypops) – 14 de Setembro;
  • Phil Mendrix, dirigido por Paulo Abreu – com os convidados André Tentugal (We Trust) e Paulo Praça (Plaza, Turbo Junkie e Grace) – 15 de Setembro;
  • We’re Still Here: Johnny Cash’s Bitter Tears Revisited, dirigido por Antonino D’Ambrosio – com o convidado Francisco Silva (Old Jerusalem) – 16 de Setembro;

Novos e antigos espaços cheios de música

O NOS Em D’Bandada acontece oficialmente dia 17 de Setembro e são vários os traços que se revelam nesta edição:

O Silo Auto apresenta-se como novo grande espaço musical e marcará o início da edição deste ano. A pensar em todos aqueles que querem começar a festa mais cedo, o músico Miguel Araújo, que vimos crescer e reinventar-se desde a primeira edição, traz consigo um formato inédito ao interpretar temas que compôs para o repertório de inúmeros artistas portugueses – desde Ana Moura, António Zambujo e Carminho. A abrir actuarão dois artistas escolhidos por si, a partir das 14 horas, no 7ª andar do Silo. O Silo Auto vai receber, também a partir das 14 horas, um mercado de música e um espaço de refeição para quem quer começar a tarde de sábado de forma diferente.

O Coliseu Porto volta a surpreender, assumindo um dos papéis principais e a abrir portas a uma grande festa de música africana, com destaque para a Selma Uamusse e Bonga. O Dj Rocky Marsiano vai garantir que não existirá silêncio na abertura e nos intervalos dos concertos.

O regresso do mítico Club Kitten à cidade do Porto é também uma novidade neste NOS Em D’Bandada. A comemorar 15 anos de existência, o João Vieira (aka Dj Kitten), que em 2001 trouxe consigo toda a frescura da cena musical londrina, recriará no fim da noite uma festa num dancefloor preparado para a ocasião. Os artistas convidados serão anunciados brevemente.

A Praça dos Poveiros não perde o seu posicionamento urbano e contará novamente com grandes nomes do hip-hop português. Destaque para a actuação dos Orelha Negra na cidade do Porto. O Passeio das Virtudes volta a fazer parte da programação do NOS Em D’Bandada e recebe a apresentação de alguns dos novos temas do novo disco dos You Can’t Win, Charlie Brown e os Salto, banda da cidade.

A Praça dos Leões vai receber uma apresentação de dois soundsystems que se complementam com a partilha de sets entre dois DJs de serviço: Simply Rockers e Roots DimensionNuno Lopes, o actor que deu a cara pela recente campanha do nova televisão da NOS, vai ser o DJ de serviço na Rua Cândido dos Reis.

A Lovers & Lollypops programa novamente o Plano B. O blogue Bodyspace programa o Café Au Lait. A Principe Discos apresentará os muito conceituados e mais recentes projetos da editora no Passos Manuel. A Turbina encarrega-se da programação infanto-juvenil no Jardim da Cordoaria. Os Maus Hábitos abre portas com programação própria especial.

O NOS Em D’Bandada propõe-se levar a música às pessoas em múltiplas formas e linguagens. A diversidade de estéticas musicais e a sua exibição em palcos públicos e privados continua a definir este evento como uma das maiores ofertas culturais do nosso país. Mais um ano em que se pretende que este evento seja uma manifestação das pessoas do Porto. Pessoal e intransmissível.

O cartaz do evento pretende funcionar como base para algo maior e dinâmico. A ideia é simples: desafiar a cidade (os portuenses e os seus espaços, os cafés, os hotéis, os hostels, os restaurantes, os bares, as lojas, os museus e o cinema) a aproveitarem o pretexto de uma noite diferente para avançarem, eles próprios, com iniciativas que se possam articular com a restante programação. Concertos, exposições, tertúlias para amigos, clientes, quem passa. Todas as iniciativas no âmbito do espírito do NOS Em D’Bandada são bem-vindas.

Com entrada livre em todos os espaços e com música por todo o lado, este é o momento ideal para arriscar novas descobertas. Basta estudar o cartaz, desenhar a rota ideal e ir espreitando as várias propostas. A diversidade de géneros musicais convida a novas aventuras e novas experiências.

O NOS Em D’Bandada conta com o apoio da Câmara Municipal do Porto, parceira desde a sua primeira edição, em 2011.

nosemdbandada16_02

O cartaz completo e os espaços

Artistas: 800 Gondomar, Bispo, Bonga, Cachupa Psicadélica, Cave Story, Chibazqui, Club Kitten, Corona, Correia, Dj Rocky Marsiano, DJs Bodyspace, Edu Mundo, Filho da Mãe, First Breath Afetr Coma, Fugly, Galgo, Ghost Hunt, Gin Party Soundystem, Golden Slumbers, Grutera, Keso, Kimi Djabaté, Landim, Lemon Lovers, Lourenço Crespo, Marvel Lima, Miguel Araújo, Nuno Lopes, Old Yellow Jack, Orelha Negra, Plus Ultra, Príncipe Showcase, Pro’Seeds, Quelle Dead Gazelle, Roots Dimension Soundsystem, S. Pedro, Sallim, Salto, Selma Uamusse, Simply Rockers Soundsystem, Surma, Tatanka, The Dirty Coal Train,The Miami Flu, The Poppers, The Sunflowers, Toulouse, You Can’t Win, Charlie Brown.

Espaços: Ateneu, Café Au Lait, Cave 45, Coliseu Porto, Era uma vez em Paris, Jardim Cordoaria, Maus Hábitos, Passeio das Virtudes, Passos Manuel, Plano B, Praça dos Leões, Praça dos Poveiros, Rua Cândido dos Reis, Silo Auto.

Previous Um foguetão da SpaceX explodiu e Mark Zuckerberg não gostou disso
Next Samsung confirma problemas no Galaxy Note 7 e vai substituir equipamentos