Instagram lança ferramenta de bloqueio automático de comentários ofensivos

O objectivo da empresa é manter a sua comunidade segura.

De forma a diminuir os discursos de ódio e abuso no Instagram, a rede social disponibilizou aos utilizadores uma ferramenta que permite filtrar palavras ofensivas. Não só este filtro será automático, como os utilizadores podem definir termos que os seus seguidores não poderão utilizar nos comentários.

Esta ferramenta de filtro e bloqueio automático de palavras ofensivas é crucial numa rede social tão vasta e diversa como o Instagram. “A beleza da comunidade do Instagram é a diversidade dos seus membros. Todos os diferentes tipos de pessoas – de diferentes origens, raças, géneros, orientações sexuais, habilidades e mais – chamam ao Instagram casa, mas às vezes os comentários nos seus posts são rudes”, explica Kevin Systrom, CEO e co-fundador do Instagram, no blogue da empresa. “De forma a dar força a cada indivíduo, precisamos de promover uma cultura onde todos se sentem seguros de si mesmo, sem críticas ou assédio. Não é só meu desejo pessoal fazer isso, é também a nossa responsabilidade enquanto empresa.”

Vais encontrar a nova funcionalidade de moderação nas definições da tua conta de Instagram. Podes activar a opção “Hide Inappropriate Comments” para o Instagram automaticamente filtrar expressões normalmente consideradas ofensivas e também definir outras palavras-chave que queiras ver bloqueadas. Atenção que o Instagram apenas esconde comentários. Se quiseres apagá-los, terás de o fazer manualmente – podes também bloquear contas.

“Quando eu e o Mike criámos o Instagram, quisemos que ele fosse uma comunidade hospitaleira onde as pessoas pudessem partilhar as suas vidas. As imagens conseguem inspirar e mostrar o melhor de nós, quer seja algo engraçado, triste ou bonito”, acrescenta Kevin Systrom. “Nos últimos 5 anos, assisti ao espantoso crescimento desta comunidade para 500 milhões de utilizadores, com histórias de todos os cantos do mundo. Com este crescimento, queremos trabalhar com afinco para manter o que tem mantido o Instagram positivo e seguro, especialmente nos comentários a suas fotos e vídeos.”

Partilha nas redes sociais:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
  • Jornalista, adepto de cidades humanas e curioso por ideias que melhorem o país. Co-fundei o Shifter em 2013, sou desde 2020 coordenador do projecto editorial Lisboa Para Pessoas.

Contribui para o Shifter para mais artigos como este:

2 €/mês

5 €/mês

10 €/mês

15 €/mês

Donativo

Artigos Relacionados

Junta-te à Comunidade
Jornalismo é aquilo que fazemos todos juntos. Entra na Comunidade Shifter e faz parte da conversa.
Sabe mais
Em teste

Bem-vind@ ao novo site do Shifter! Esta é uma versão beta em que ainda estamos a fazer alguns ajustes.Partilha a tua opinião enviando email para comunidade@shifter.pt