Graham: a única “pessoa” desenhada para sobreviver nas nossas estradas

Escultura foi desenvolvida no âmbito de uma campanha australiana.

Mais parece uma figura alienígea e é porque não está muito longe de o seu. Graham é um “super-humano”: quem o criou diz que tem corpo perfeito para sobreviver a um acidente de trânsito.

A escultura foi encomendada pela Comissão de Acidentes no Transporte (TAC, na sigla em inglês) do governo do Estado de Victoria, na Austrália. Graham faz parte de uma campanha de segurança no trânsito e é o resultado do trabalho de uma artista plástica, um cirurgião especializado em traumatismos e acidentes e um especialista em investigações de acidentes de trânsito.

Com os conhecimentos de todas estas áreas, Graham foi criado com uma cabeça que parece uma rocha, sem pescoço, pés fortes que mais parecem raízes de árvores e o peito enrugado com costelas fortes, o que deixa sua aparência parecida com um aríete. O crânio de Graham é forte e espesso. Este “super-humano” também possui um peito inflável, que funciona como um airbag.

graham_02

graham_03

Com os conhecimentos de todas estas áreas, Graham foi criado com uma cabeça que parece uma rocha, sem pescoço, pés fortes que mais parecem raízes de árvores e o peito enrugado com costelas fortes, o que deixa sua aparência parecida com um aríete. O crânio de Graham é forte e espesso. Este “super-humano” também possui um peito inflável, que funciona como um airbag.

Nesta campanha, a Comissão de Acidentes no Transporte quis mostrar como seria o corpo dos humanos se tivéssemos evoluido para aguentar as forças envolvidas num acidente de carro.

Para Joe Calafiore, director da TAC, o “Graham é uma ferramenta educacional que vai servir a comunidade daqui para a frente, para nos relembrar do porquê de necessitarmos de desenvolver um sistema de estradas mais seguro que nos proteja se as coisas não correram bem”. A escultura está em exposição neste site.

Previous ‘American Crime Story’ vai passar no Netflix, a começar pelo caso de O. J. Simpson
Next O gigante drone do Facebook fez o seu primeiro voo – e está pronto para falhar