OMS assinala Dia Mundial da Saúde com cinco pósteres e uma hashtag: #diabetes


Hoje celebra-se o Dia Mundial da Saúde, uma data que poderia ser mais uma efeméride entre tantas. No entanto, a Organização Mundial da Saúde (OMS) está mais do que nunca empenhada em lutar pelo bem-estar e modo de vida saudável das populações.

Este ano o alvo é a diabetes: estima-se que actualmente o problema afecte 422 milhões de adultos, segundo os dados da OMS. Em 2016, continua a luta contra a desinformação. Por isso, a OMS apostou forte na comunicação, essencialmente online, com uma ligação ao mundo dos heróis e vilões, os vencedores e derrotados, nós e a diabetes.

diasaude16diabetes_02

diasaude16diabetes_03

A história pode ser eficaz para ser contada às populações, mas o problema da diabetes, em específico, mas da saúde em geral está nos interesses económicos à volta da indústria alimentar, farmacêutica e medicinal. As teorias da conspiração são muitas, mas serve este dia também para se alertar para factos bem reais.

Foi o que fez o Centre for Science and Environment (CES), na Índia, que criticou a presença de personalidades famosas em anúncios de fast food, apelando para a proibição desta prática, uma vez que as crianças olham para estas figuras como role models. Esta é uma crítica para o governo indiano, mas que facilmente se pode alargar ao resto do mundo onde esta realidade repete-se, nomeadamente porque a diabetes é mesmo um drama mundial generalizado da sociedade ocidental.

O CES vai mais longe, querendo banir as cadeias de fast food de locais perto de escolas, por incentivarem o consumo de alimentos ricos em sal, açúcar e gordura prejudicial à saúde.

diasaude16diabetes_04

diasaude16diabetes_05

Em Portugal, a questão foi levantada recentemente na Assembleia da República: foi aprovada a restrição da publicidade de alimentos para menores pelo atual governo. São três os projectos de lei que restringem o actual Código da Publicidade.

Em causa está a publicidade a alimentos e bebidas com elevado teor de açúcar, gordura e sal a menos de 500 metros das escolas e a publicidade a estes produtos antes e depois de programas infantis ou juvenis (nem em programas televisivos cujas audiências tenham um mínimo de 20 por cento de audiência de menores de 12 anos.). A medida não se fica pela TV ou rádio, mas chega também à internet com a restrição de publicidade deste tipo em websites cujo público-alvo são os mais novos.

E se para ti o tipo 1 e o tipo 2 de diabetes são a mesma coisa, vê este vídeo explicativo da OMS:

De referir ainda que existe um estado pré-diabetes, que pode ser revertido com exercício físico e hábitos alimentos saudáveis. Os sinais vão desde a constante sede, o cansaço extremo particularmente à noite, muitas idas ao WC, perda de peso (de músculo essencialmente) até à perda de visão gradual, com momentos de distorção.

O dia 7 de Abril está também marcado pela fundação da Organização Mundial de Saúde, em 1948, dois anos após a formação da ONU. O Dia Mundial da Saúde celebra-se desde 1950.

diasaude16diabetes_06

Previous Messenger ganha usernames e códigos “à lá Snapchat”
Next Reddit lança app oficial para Android e iOS

Suggested Posts