Maluco Beleza é o projecto mais pessoal de Rui Unas

Falámos com o humorista sobre o seu canal de TV na internet.

A completar vinte anos de carreira, Rui Unas está empenhado naquele que é, provavelmente, o seu projecto mais pessoal desde que começou a entreter o público português — Maluco Beleza. Começou por ser um podcast, mas hoje podes acompanhá-lo também em formato vídeo.

Maluco Beleza é um título inspirado numa música de Raul Seixas. Surgiu há três anos exclusivamente em formato audio, podcast. Na altura em que o projecto estava a dar os primeiros passos, Rui Unas produzia os episódios a partir do sótão da sua própria casa. O formato assemelhava-se ao que hoje conhecemos, conversas informais com diferentes convidados.

Perante a constatação de que havia público para a sua criação, Unas decidiu apostar em equipamento e espaço. Dessa forma, o Maluco Beleza ganhou uma dimensão audiovisual. As entrevistas decorrem num estúdio devidamente preparado para o efeito, onde são gravadas, e depois o público pode desfrutar delas via internet. O modelo inicial de podcast não desapareceu, continua disponível para aqueles que abdiquem do elemento visual. Para os que preferem uma versão mais completa da conversa, os vídeos estão ao acesso de todos no YouTube.

O modelo do programa não é inédito, antes pelo contrário. Porém, não deixa de ser interessante a migração que o Maluco Beleza representa, de uma cara que nos habituámos a ver na televisão para o mundo da web. Por esse motivo, Rui Unas está numa posição privilegiada para comparar os dois meios e foi sobre isso que falámos com ele.

A televisão não corre o risco de ser substituída pela Internet, pelo menos para o criador do Maluco Beleza, pois “ainda é uma fonte de trabalho”. Rui Unas é o apresentador do talk-show 5 Para a Meia Noite à terça-feira. No entanto, são dois terrenos diferentes. Unas valoriza sobretudo a liberdade que encontra na internet e acrescenta-lhe as vantagens da ausência de uma duração pré-determinada para os conteúdos e da relação de comunidade que é possível estabelecer com o público.

malucobeleza_02

Simultaneamente, aponta na televisão a atenção excessiva dada às audiências e ao dinheiro, dizendo que “tudo o resto é secundário”. Esse “tudo o resto” é o que mais lhe agrada na internet, embora reconheça que “pela eterna questão de escala do país é mais difícil projetos de entretenimento serem rentáveis”. Mas acredita que tal é possível, até porque, como diz, “o dinheiro é uma consequência do sucesso”.

Mas o que é realmente o Maluco Beleza? Em termos técnicos, são episódios com cerca de uma hora de duração durante a qual Rui Unas conversa com um convidado. A novidade começa a revelar-se no registo descontraído e nos tópicos abordados. Entre os assuntos que medeiam a conversação é frequente vermos anfitrião e convidado trocarem testemunhos sobre o mundo do entretenimento e a propósito de como cada um lida com a exposição pública inerente às suas profissões.

Por exemplo, quando recebeu Filipa Gomes, o apresentador contou como decidiu participar num filme no outro lado do Atlântico e de que forma decorreu a sua chegada ao Brasil. À conversa com César Mourão debateu-se a dificuldade que existe hoje em propor uma ideia para a televisão e em conseguir que a mesma seja aprovada. No episódio em que Capicua foi a convidada, Unas faz uso da sua experiência profissional para comentar que Marta Bateira, outra convidada de um outro episódio, a determinada altura terá de se reinventar para que o sucesso presente perdure.

São apenas alguns exemplos de assuntos que com menor frequência teriam lugar numa entrevista mais convencional. Para o criador do Maluco Beleza são “temas que acabam por vir naturalmente ‘à baila’”, ainda que acrescente sentir a necessidade de se policiar para não correr o risco desse conjunto de tópicos ser dominante. É verdade que se trata de um risco, na medida em que tudo quanto supere a sua dose saudável é arriscado, mas é também aí que assenta a especificidade do programa.

Uma parte significativa deste projeto perdurará como testemunho dos desafios, frustrações e percursos vividos por cada um dos convidados que se têm sentado à conversa com Rui Unas. No futuro, a compilação destes elementos pode ajudar a compreender como funcionava o mercado da ficção em Portugal e a traçar um melhor retrato dessa realidade. Tal situação acontece porque ocasionalmente o entrevistador prescinde dessa sua posição e, com isso, transforma os minutos de cada episódio numa conversa entre pares, no sentido em Unas participa com tanto do seu entendimento e experiência do mundo do entretenimento quanto o próprio convidado.

Podes seguir o projeto Maluco Beleza no YouTube ou acompanhá-lo na página oficial.