É assim que, segundo a Microsoft, vamos ver desporto no futuro

A Microsoft mostrou-nos o futuro e ficámos embasbacados.

“Olá. Nós somos o Shifter do futuro e estamos aqui para te mostrar como é que, daqui a uns anos todos vocês vão estar a assistir a encontros desportivos na televisão.” Claro que esta frase não passa de pura invenção, mas é mesmo o que nos apetece dizer depois de termos assistido ao mais recente vídeo da Microsoft em relação aos HoloLens.

Já há quem conte os dias para poder deitar as mãos ao primeiro par de óculos – que devem chegar no primeiro trimestre deste anos, com um preço a rondar os três mil dólares, mas apenas para alguns programadores. Mas espreita só aquilo que vai ser possível fazer com eles:

O vídeo em questão, publicado ontem no canal de YouTube da Microsoft, soma já mais de 160 mil visualizações e mostra uns amigos a assistir a um encontro da NFL na televisão. Mas a partir do momento em que colocam os Hololens, o pequeno ecrã deixa de ter margens e os telespectadores entram numa experiência imersiva que se transcende a toda a sala.

Desde jogadores a “sair da parede” até uma maquete do estádio que mostra táticas e jogadas de outro ângulo, este é um futuro que todos nós queremos mesmo que aconteça e que, acima de tudo, se torna economicamente viável para as massas. Enquanto esperamos por esse dia, resta assistir a vídeos como este e tentar não ficar de boca aberta do princípio ao fim.

Partilha nas redes sociais:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
  • Redactor de tecnologia do Shifter e estudante de Jornalismo na Escola Superior de Comunicação Social, em Lisboa. Email: josemorais@shifter.pt

Contribui para o Shifter para mais artigos como este:

2 €/mês

5 €/mês

10 €/mês

15 €/mês

Donativo

Artigos Relacionados

Junta-te à Comunidade
Jornalismo é aquilo que fazemos todos juntos. Entra na Comunidade Shifter e faz parte da conversa.
Sabe mais
Em teste

Bem-vind@ ao novo site do Shifter! Esta é uma versão beta em que ainda estamos a fazer alguns ajustes.Partilha a tua opinião enviando email para comunidade@shifter.pt