Portugal será o país em destaque no Eurosonic em 2017


A cidade de Groninga, na Holanda, é, anualmente, palco do Eurosonic Noorderslag, o maior festival de música europeia onde os artistas podem “desenvolver contactos com promotores, agentes, produtores e outros profissionais da indústria da música internacional”. 

A  AMAEI – Associação de Músicos Artistas e Editoras Independentes, juntamente com a rádio Antena 3, criaram a marca WHY Portugal para que “durante um ano de trabalho contínuo, seja possível agregar artistas e profissionais da indústria da música portuguesa numa base de dados bastante completa a ser apresentada ao Comité de Programação do Festival” que, numa data mais próxima do evento, divulgará quais os artistas portugueses convidados a integrar a programação especial do Eurosonic dedicada a Portugal”. 

O site oficial da WHY Portugal já se encontra em funcionamento e em contagem decrescente que termina no dia 13 de Abril, data de um dos primeiros workshops da marca, “integrado no Westway LAB, único festival profissional de música” no país. Depois deste workshop, a equipa da WHY Portugal vai marcar presença num “circuito de feiras de música internacionais” para, deste modo, promover a divulgação do festival.

eurosonic17ptdestaque_02

Vão ser, ainda, desenvolvidas várias sessões de “esclarecimento para profissionais da área da música” que começam já no mês de Fevereiro. Segundo a equipa, “um dos grandes objectivos deste tipo de iniciativas é evitar a centralização da informação“, levando-a ao maior número de pessoas possíveis.

Os interessados e mais curiosos podem subscrever a newsletter para “começar a receber informação regular sobre a marca e, no desenrolar deste processo, um formulário específico para um maior envolvimento com as acções a desenvolver durante os meses de trabalho que culminam com o grande destaque a Portugal no Eurosonic”. 

O Eurosonic conta com mais de três mil profissionais e mais de 100 painéis e conferências sobre música. É considerado “o ponto de partida para o debate e principal rede de contactos para a indústria internacional, focado na música europeia, digressões, festivais e media”.

Uma óptima oportunidade para Portugal mostrar o melhor da sua música ao mundo.

Previous Mais um site não-pirata bloqueado em Portugal
Next De ‘SWISH’ para ‘Waves’: tudo o que precisas de saber sobre o novo álbum de Kanye West

Suggested Posts