Uma ode aos incansáveis

Todos temos um amigo (ou mais) que não pára. Quando era puto os avós diziam que tinha bicho carpinteiro. Que nunca se cansava nem se calava e, sobretudo, nunca parava de perguntar “porquê?!”. Estes miúdos crescem, amadurecem e ganham noção de que podem mudar o mundo que os rodeia. Mais do que isso: querem mudar o mundo que os rodeia. Nunca param de criar, de pensar e de fazer. Não só para dar um futuro a eles próprios, mas essencialmente um futuro para o mundo. A sua motivação é o motor. O motor dos incansáveis.

A pensar nos que não se cansam de querer mudar o mundo, a Fidelidade, a Fosun e a Beta-i criaram o Protechting: um programa para captar as melhores ideias e start-ups que têm como objectivo apoiar projectos de negócio relacionados com a protecção de pessoas e património.

Para ajudar a chegar ao maior número de criadores, fazedores e empreendedores, a agência de publicidade Fullsix criou um filme que se relaciona directamente com a rotina daqueles que sacrificam os seus dias. Uma verdadeira ode aos incansáveis. Com um discurso emocional, o filme consegue representar de forma fidedigna todos as situações que fazem parte do dia de um empreendedor: o não conseguir dormir por estar a pensar no projecto, os kebabs às 3 da manhã, o abdicar de uma vida social. Tudo para criar algo bom em prol de uma ideia. Da sua ideia.

Esta poderosa mensagem é dirigida a todos os que nunca param, aos incansáveis. À geração que, mais do que apontar o que está mal, pensa para fazer bem.

Se achas também tu não páras e achas que tens o que é preciso, descobre tudo sobre o Protechting em protechting.pt.

Partilha nas redes sociais:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Contribui para o Shifter para mais artigos como este:

2 €/mês

5 €/mês

10 €/mês

15 €/mês

Donativo

Artigos Relacionados

Junta-te à Comunidade
Jornalismo é aquilo que fazemos todos juntos. Entra na Comunidade Shifter e faz parte da conversa.
Sabe mais
Em teste

Bem-vind@ ao novo site do Shifter! Esta é uma versão beta em que ainda estamos a fazer alguns ajustes.Partilha a tua opinião enviando email para comunidade@shifter.pt