Este GIF, criado numa parede de Abrantes, diz-nos que nada dura para sempre

Depois de ter criado, no Rio de Janeiro, o maior GIF do mundo, o artista londrino INSA passou pelo 180 Creative Camp.

Depois de ter criado, no Rio de Janeiro, o maior GIF do mundo, o artista londrino INSA passou no início deste Verão por Abrantes, durante o 180 Creative Camp, para pintar numa das suas paredes um outro GIF, desta feita para mostrar que nada dura para sempre.

Neste novo trabalho realizado no centro histórico de Abrantes, INSA uniu a imagem feita à mão e os media digitais, explorando novos tipos de letra, justapostos com o pulsar electrónico. Expondo a fragilidade da vida e da existência, o artista questiona a efemeridade da economia e da própria arte. Ao pintar sobre as imagens uma e outra vez, INSA desenvolveu a ideia de que o para sempre não existe, preservando e capturando ao mesmo tempo as imagens momentâneas para gerações apreciarem e espalharem a mensagem pelo mundo através da internet e redes sociais.

insagif180abrantes_02

O Canal180, em parceria com a revista VNA produziu um documentário com o artista urbano INSA. O vídeo mostra não só o processo criativo de INSA, ao longo de 5 dias com temperaturas altas, como uma conversa genuína com o artista, na qual este fala das suas raízes, da sua mensagem e da sua abordagem sobre a importância da arte na vida humana.