O telemóvel Android da BlackBerry é um misto de passado e presente


telemóvel Android da BlackBerry

Tem sido um lançamento fora do comum de um telemóvel. O Priv é o primeiro equipamento Android da BlackBerry e foi mostrado, pela primeira vez, em Março deste ano no MWC. Seguiram-se meses de especulação e leaks, mas no final de Setembro a fabricante canadiana oficializou o equipamento.

O BlackBerry Priv “contém o melhor que a BlackBerry tem em segurança e produtividade com o vasto ecossistema disponível na plataforma Android”, conforme descreveu, na altura, o CEO John Chen. Este telemóvel é um ponto de viragem interessante para uma empresa que, recorde-se, entrou nos últimos anos em crise com o seu ecossistema de software e hardware.

Já este mês, a BlackBerry detalhou o Priv. Tem um ecrã táctil de 5,4 polegadas e curvo nos lados, um processador de 1.8 GHz, 3 GB de memória RAM, câmara traseira de 18 MP, armazenamento interno de 32 GB (expandíveis até… 2 TB!), uma impressionante bateria de 3 410 mAh e, por fim, um teclado que desliza para fora do ecrã.

A BlackBerry espera vender 5 milhões de telemóveis por ano ou terá de abandonar este telemóvel. Para ajudar a tal objectivo, está a apostar num sistema operativo de massas, o Android, juntando-lhe um teclado físico e o sistema de privacidade que só a BlackBerry diz saber fazer.

O lançamento de um Android não significa que a tecnológica canadiana está a desistir do seu sistema operativo. A empresa referiu que vai continuar a trabalhar no BlackBerry 10 e disse que a sua plataforma vai continuar a receber actualizações.

Previous Descobre as semelhanças entre ‘Breaking Bad’ e ‘Pulp Fiction’
Next Forbes publica lista dos 10 youtubers que mais dinheiro ganharam no último ano

Suggested Posts