OFFF instala-se pela primeira vez no Porto


Em Barcelona, o OFFF é um evento respeitado. Há 15 anos que este festival de criatividade, um dos maiores e mais importantes do mundo, se realiza na cidade catalã. Entretanto, alargou-se ao resto do mundo através da iniciativa OFFF Tour. Passou por cidades como Nova Iorque, Paris ou Istambul, e só este ano já esteve no México, Moscovo e Cincinnatti. Agora é a vez do Porto.

Dias 23 e 24 de Outubro, o OFFF Porto acontece no Cinema Batalha com workshops, intervenções, conferências e exposições, que procuram espelhar algumas das últimas tendências da arte e cultura mundiais. A passagem pela Invicta não é a primeira vez do OFFF em Portugal; a iniciativa já tinha passado em 2008 e 2009 por Lisboa e Oeiras, respectivamente.

Mais que um festival, o OFFF Porto pretende ser uma junção de criadores nacionais e internacionais, de entusiastas de arte contemporânea, urbana e digital. A ideia do evento é promover a colaboração entre inventores, designers e ilustradores para fomentar a criatividade, dinamizar novas tendências.

Durante os dois dias do OFFF Porto, o Cinema Batalha vai estar aberto gratuitamente para quem quiser explorar as exposições e intervenções artísticas do laboratório 3kta, do atelier MaPa, do Digital Fabrication Lab da Universidade do Porto ou do estúdio STILL Urban Design.

Apenas as conferências e workshops do OFFF Porto serão pagas, sendo que os bilhetes (regular ticket) para as primeiras custam 50 euros. Nas conferências, os oradores irão falar sobre o seu processo criativo, sobre o trabalho que desenvolvem. Héctor Ayuso, um dos fundadores do OFFF Festival, o português Vhils e e o seu projecto criativo Solid Dogma, os catalães Vasava, o estúdio francês Hellohikimori,os londrinos Spin, o projecto The Mill e o estúdio canadiano Vallée Duhamel são os oradores confirmados.

offfporto_02

offfporto_03

offfporto_04

Os workshops são três no total. No primeiro, intitulado “Digital Creativity” e promovido pela This Is Pacifica, será explorado o conceito de erro como objecto criativo (a inscrição custa 70 euros e implica a compra do regular ticket de 50 euros). Segue-se um workshop promovido pela organização do festival, em conjunto com o estúdio Vallée Duhamel; vai ser ser um muito experimental, permitindo explorar novas técnicas de criação, texturas, dimensões (o preço é de 150 euros). Existirá mais um workshop, este mais técnico, dedicado a UX/User Centered Design (terás de desembolsar 70 euros e implica a compra do regular ticket de 50 euros).

O OFFF Porto contará ainda com outras actividades paralelas, como o OFFF Market, um mercado dedicado a designers e criativos, também de acesso gratuito, ou o OFFF Projection Room, uma sala onde serão projectos filmes, animações e vídeos relacionados com o evento e os oradores do evento.

O festival termina no Maus Hábitos, com uma festa oficial, cuja entrada custa 5 euros. Coube à editora alemã Kompakt Records fazer o alinhamento musical: Matias Aguayo e COMA foram os artistas escolhidos.

Podes saber mais sobre o OFFF Porto aqui e comprar os bilhetes aqui.

Passatempo Shifter/OFFF Porto

O Shifter é media partner do OFFF Porto. Por isso, tem um Regular Ticket duplo (no valor de 100 euros) e ainda um Regular Ticket + Workshop Vallée Duhamel (no valor de 150 euros) para oferecer. Para te habilitares a ganhar, envia um e-mail para hi@offfporto.pt no qual expliques porque deves ser tu a ganhar. Não te esqueças de indicar qual o prémio que queres.

O passatempo termina às 18 horas desta terça-feira.

offfporto_05