Graffiter cria mural enquanto tenta cancelar serviço de telecomunicações

cancelar serviço de telecomunicações

Contam-se pelos dedos das mãos as pessoas que nunca foram postas em espera ao ligar para uma operadora telecomunicações. O tempo que demoramos até sermos realmente atendidos é tanto que não pode ser desperdiçado. De uma janela de possibilidades tão vasta como fazer o jantar ou correr uma maratona, no Brasil, o graffiter Vermelho aproveitou mesmo para pintar murais. A iniciativa fez parte de uma acção do Reclame Aqui, um dos maiores sites brasileiros de reclamações, onde os podem consumidores queixar-se e as empresas podem responder.

Em três momentos diferentes, o artista tentou cancelar um serviço de internet, um de televisão por cabo e outro de telemóvel. As empresas em causa são algumas das que têm o maior número de reclamações no Reclame Aqui e foi junto às suas sedes que Vermelho começou a graffitar, no exacto momento em que as chamadas foram atendidas.

Entre várias ligações perdidas e recomeçadas, as três chamadas demoraram respectivamente 1 hora e 3 minutos, 1 hora e 32 minutos e 2 horas e 11 minutos. A campanha foi baptizada de “A arte da espera” e a cada mural foram acrescentadas mensagens do género: “essa arte foi feita tentando cancelar um serviço de TV por assinatura”. Porque, afinal, o tempo dos clientes é demasiado valioso para ser desperdiçado.

Partilha nas redes sociais:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
  • A Rita Pinto é Editora-Chefe do Shifter. Estudou Jornalismo, Comunicação, Televisão e Cinema e está no Shifter desde o primeiro dia - passou pela SIC, pela Austrália, mas nunca se foi embora de verdade. Ajuda a pôr os pontos nos is e escreve sobre o mundo, sobretudo cultura e política.

Contribui para o Shifter para mais artigos como este:

2 €/mês

5 €/mês

10 €/mês

15 €/mês

Donativo

Artigos Relacionados

Junta-te à Comunidade
Jornalismo é aquilo que fazemos todos juntos. Entra na Comunidade Shifter e faz parte da conversa.
Sabe mais
Em teste

Bem-vind@ ao novo site do Shifter! Esta é uma versão beta em que ainda estamos a fazer alguns ajustes.Partilha a tua opinião enviando email para comunidade@shifter.pt