Os desenhos policiais com a cara de criminosos podem tornar-se coisa do passado

O desenho de uma cara, feito a partir de informações dadas pela vítima ou testemunha de um crime, tem sido um utensílio usado desde há muito tempo pelas polícias de todo o mundo. Mas parece que esta arte poderá ter os dias contados.

Especialistas começaram a colocar em questão estes desenhos construídos a partir da memória de pessoas muitas vezes traumatizadas. A Vox produziu um video em que mostra as dificuldades em obter informações fidedignas e o que está a ser feito para melhorar este processo de identificação.

Texto: Vasco Napoleão/Hoje

Partilha nas redes sociais:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
  • A Hoje é uma newsletter independente que todos os dias chega às caixas de e-mail de milhares de pessoas com as principais notícias da economia digital em que vivemos. É um produto desempoeirado que sabe tratar os assuntos da rede como eles são, sem sensacionalismo nem ignorância.

Contribui para o Shifter para mais artigos como este:

2 €/mês

5 €/mês

10 €/mês

15 €/mês

Donativo

Artigos Relacionados

Junta-te à Comunidade
Jornalismo é aquilo que fazemos todos juntos. Entra na Comunidade Shifter e faz parte da conversa.
Sabe mais
Em teste

Bem-vind@ ao novo site do Shifter! Esta é uma versão beta em que ainda estamos a fazer alguns ajustes.Partilha a tua opinião enviando email para comunidade@shifter.pt