A versão oficial do Popcorn Time fechou portas

Não é fácil fazer o Popcorn Time. O primeiro beta do serviço foi colocado no GitHub, em Fevereiro de 2014, com suporte para Windows e Mac. Programadores de todo o mundo começaram a melhorar o software open-source.

Um mês depois, em Março, surgem os primeiros problemas legais. O código do Popcorn Time é removido do GitHub e o site é fechado. No entanto, a aplicação começou a ser alojada noutros sítios da net. Resultado? Em Abril, nasceram duas versões distintas do Popcorn Time: o PopcornTime.io e o Popcorn-Time.se. Apesar de desenvolvidas por equipas distintas, os dois sites e as duas apps (Windows e Mac) cresceram com um aspecto visual e uma estrutura muito idênticos.

fimpopcorntimeio_02

Pouco depois, o Popcorn-Time.se disponibilizou uma app para Android e outra para iOS – nenhuma das duas podia ser instalada através das lojas da Google e da Apple, respectivamente; os utilizadores tinham de ou usar o APK, ou de contornar as limitações impostas pela empresa da maçã. Pelo meio, o Popcorn-Time.se – na altura, o mais popular dos dois – enfrentou um bloqueio no Reino Unido e colocou o Netflix preocupado.

Já este ano, em Agosto, o PopcornTime.io tornou-se o “Popcorn Time” oficial, com alguns dos criadores do código original a apoiarem a equipa desta versão. Contudo, os meses seguintes não foram fáceis. Este mês, alguns programadores do PopcornTime.io abandonaram o projecto devido a desentendimentos internos.

Entretanto, o PopcornTime.io começou a investir num projecto paralelo chamado Butter, em que o objectivo é respeitar a 100% a lei. Aquando do lançamento do Butter, a equipa do PopcornTime.io prometeu que a nova plataforma não iria levar ao fecho do app que ficou célebre pelo seu imenso catálogo de filmes e séries – um catálogo maioritariamente pirata.

Mas, mais uma vez, as coisas não correram bem para o lado do PopcornTime.io. O site fechou portas e a app deixou de funcionar. No Twitter, os utilizadores são incentivados a descarregar o Butter quando este estiver disponível.

https://twitter.com/popcorntimetv/status/657628319404396545

Os motivos para este aparente fim do PopcornTime.io não são claros. De acordo com o site Torrent Freak, os programadores que ficaram no projecto tentaram mantê-lo vivo depois da saída dos colegas, mas deixaram de ter controlo do domínio original popcorntime.io. “Nos últimos dias, alguém tentou alterar a nossa infraestrutura, principalmente o nosso serviço DNS, e não conseguimos convencer a nossa empresa de alojamento Gandi.net que quem éramos nós e que queríamos continuar online”, lê-se numa mensagem na versão cache do popcorntime.io.

fimpopcorntimeio_03

A equipa restante do PopcornTime.io decidiu então fechar os servidores do site por completo. “Não há nada que possamos fazer”, disse Wally, um dos programadores. “Apaguei todos os logs que pudessem prejudicar qualquer outro programador.”

É este o fim do Popcorn Time? Sim e não. O PopcornTime.io pode ter desaparecido (pelo menos, por agora), mas o Popcorn-Time.se continua vivo e as suas apps a funcionar. Não se sabe se no futuro alguém vai tentar lançar outra versão do Popcorn Time.

fimpopcorntimeio_04

Partilha nas redes sociais:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
  • Jornalista, adepto de cidades humanas e curioso por ideias que melhorem o país. Co-fundei o Shifter em 2013, sou desde 2020 coordenador do projecto editorial Lisboa Para Pessoas.

Contribui para o Shifter para mais artigos como este:

2 €/mês

5 €/mês

10 €/mês

15 €/mês

Donativo

Artigos Relacionados

Junta-te à Comunidade
Jornalismo é aquilo que fazemos todos juntos. Entra na Comunidade Shifter e faz parte da conversa.
Sabe mais
Em teste

Bem-vind@ ao novo site do Shifter! Esta é uma versão beta em que ainda estamos a fazer alguns ajustes.Partilha a tua opinião enviando email para comunidade@shifter.pt