Novo chip de memória à base de luz pode mudar os paradigmas da computação

chip de memória à base de luz

Investigadores no Reino Unido desenvolveram um método para guardar dados permanentemente num chip de memória usando luz. Este avanço pode ser o primeiro passo para o armazenamento e transmissão de dados à velocidade da luz: o limite de rapidez a que os electrões viajam entre o processador e a memória foi, finalmente, ultrapassado.

Isto significa também que a barreira Von-Neumann poderá então ter sido transcendida, tal como referiu o engenheiro Harish Bhaskaran da equipa da Universidade de Oxford: “There’s no point using faster processors if the limiting factor is the shuttling of information to-and-from the memory – the so-called von-Neumann bottleneck, but we think using light can significantly speed this up.

chipmemorialuz_02

O facto de os chips de memória dos computadores serem feitos de silicone significa que os fotões ao serem transmitidos como dados têm de ser transformados em eletrões de modo a que possam ser lidos como zeros e uns; deste modo apenas a reconceptualização dos computadores, de modo a funcionarem através de impulsos de luz, pode permitir que esta barreira seja eliminada.

Guardar dados em formato de luz não é um conceito de todo recente, mas a volatilidade e requerimentos de energia para o fazer foram sempre uma forte impedimento ao seu desenvolvimento.

Como este novo chip consegue gravar e transmitir informação nos mesmos materiais que são encontrados em CDs e DVDs regraváveis – GST, germanium-antimony-tellurium – demos um grande salto tecnológico para o desenvolvimento de computadores que transmitam e guardem dados à velocidade da luz.

Texto: Pedro Febrero

Aprofundar

Light-Based Data Breakthrough Could Lead To Much Faster Computers (Univ. of Oxford): The world’s first entirely light-based memory chip to store data permanently has been developed by material scientists at Oxford University and University of Münster in collaboration with scientists at Karlsruhe and Exeter. The device, which makes use of materials used in CDs and DVDs, could help dramatically improve the speed of modern computing.

Partilha nas redes sociais:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
  • A Hoje é uma newsletter independente que todos os dias chega às caixas de e-mail de milhares de pessoas com as principais notícias da economia digital em que vivemos. É um produto desempoeirado que sabe tratar os assuntos da rede como eles são, sem sensacionalismo nem ignorância.

Contribui para o Shifter para mais artigos como este:

2 €/mês

5 €/mês

10 €/mês

15 €/mês

Donativo

Artigos Relacionados

Junta-te à Comunidade
Jornalismo é aquilo que fazemos todos juntos. Entra na Comunidade Shifter e faz parte da conversa.
Sabe mais
Em teste

Bem-vind@ ao novo site do Shifter! Esta é uma versão beta em que ainda estamos a fazer alguns ajustes.Partilha a tua opinião enviando email para comunidade@shifter.pt