Como o Force Touch pode funcionar no próximo iPhone


 

O Force Touch é uma tecnologia que existe no Apple Watch e em alguns MacBooks. Permite aumentar o número de inputs possíveis numa superfície táctil, quer seja a do ecrã de um relógio ou a do trackpad de um computador.

Na prática, permite aceder a atalhos, abrir menus ou activar funções com um toque mais forte. O Force Touch parece confuso e é mesmo confuso – pelo menos no início. Quanto te habituas a ele, percebes o quão útil ele pode ser.

O site 9to5mac diz, citando fontes, que o Force Touch vai chegar ao iPhone na sua próxima geração, a ser apresentada em Setembro (rumores indicam que o “iPhone 6S” deverá ser revelado numa keynote no dia 9 do referido mês).

Segundo o 9to5mac, a versão iOS do Force Touch é conhecida internamente como “Orb” e vai ajudar-te a encurtar passos numa determinada acção.

Por exemplo, poderias usar o Force Touch no ícone de uma app no home screen para abrir uma janela específica. O 9to5mac concretiza com a app Phone, na qual o Force Touch te levaria directamente para a parte de voicemail, e com a app News, na qual o Force Touch serviria de atalho para o separador de favoritos.

Na app Maps, pesquisarias por um local e usarias o Force Touch para imediatamente iniciar a navegação até esse local. Actualmente, quando queres iniciar a navegação para um destino, tens de pesquisar o local, clicar no ícone de navegação e depois de clicar num outro botão para iniciar a navegação. O Force Touch permitiria saltar dois passos.

No Music, poderias usar o Force Touch numa música para adicioná-la a uma playlist ou guardá-la para escuta offline. Isto é, com o Force Touch, evitarias ter de clicar no botão de opções no lado direito de cada música.

O Force Touch para iPhone também poderá ir buscar alguma inspiração ao Force Touch que actualmente encontramos em alguns MacBooks. No Safari, o Force Touch serviria para obter uma pré-visualização de uma página sem ter de abrir o link. A mesma lógica também serviria para pré-visualizar contactos ou mapas de locais sem ter de abrir o conteúdo, bem como para encontrar definições de palavras no dicionário do iPhone.

O Force Touch para Mac oferece mais controlo sobre música e vídeos ao permitir avançar/recuar mais rápido ou mais lento, consoante a força que aplicas no trackpad.

Como vai ser o novo iPhone?

Para além de um ecrã preparado para Force Touch, o novo iPhone poderá ter 2 GB de RAM (algo inédito, dado que até hoje o iPhone sempre teve 1 GB de RAM), assim como um novo processador A9. Além disso, pode ser capaz de gravar vídeo em 4K.

Em Setembro, é possível que a Apple revele também o já muito comentado iPad de 12,9 polegadas, também com Force Touch. A empresa deverá abrir esta tecnologia a todos os programadores, para que estes possam incorporá-la nas suas apps.

Foto: Flickr

Gostaste do que leste? Quanto vale conteúdo como este?

Trabalhamos todos os dias para te trazer artigos, ensaios e opiniões, rigorosos, informativos e aprofundados; se gostas do que fazemos, apoia-nos com o teu contributo.