Desta vez, os aviões que sobrevoaram as praias tinham um aviso realmente importante

O Rio de Janeiro é uma cidade maravilhosa, com praias maravilhosas. Mas há algo que não combina com tanta beleza: as 40 toneladas de lixo que são deixadas nos areais todos os fins-de-semana, segundo a associação Rio Eu Amo Eu Cuido.

Consciente da ineficácia do tradicional letreiro colocado junto ao caixote do lixo, a associação pediu ajuda à agência de publicidade Africa Rio para juntas criar uma acção que verdadeiramente passasse a mensagem aos veraneantes das praias do Rio.

A associação e a agência monitorizaram as fotos publicadas no Instagram a partir das praias da cidade brasileira, vendo uma a uma para identificar aquelas em que apareciam objectos que poderiam ser considerados lixo: latas, garrafas, papel, copos, embalagens de comida, etc. Depois, criaram faixas personalizadas para os utilizadores que foram considerados potenciais poluidores. Essas faixas foram colocadas em aviões que sobrevoaram as praias em que esses utilizadores se encontravam.

Obviamente que tudo teve de ser feito com um ritmo acelerado e em tempo real. Em alguns casos, as faixas eram trocadas no ar para que chegassem mais rapidamente aos destinatários.

No final da acção, foi tempo de fazer o balanço. Várias fotos publicadas no Instagram originaram faixas aéreas, que não deixaram ninguém indiferente. As faixas foram vistas nas praias e também fora delas, através de partilhas no próprio Instagram.

instaplane_02

Partilha nas redes sociais:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
  • Jornalista, adepto de cidades humanas e curioso por ideias que melhorem o país. Co-fundei o Shifter em 2013, sou desde 2020 coordenador do projecto editorial Lisboa Para Pessoas.

Contribui para o Shifter para mais artigos como este:

2 €/mês

5 €/mês

10 €/mês

15 €/mês

Donativo

Artigos Relacionados

Junta-te à Comunidade
Jornalismo é aquilo que fazemos todos juntos. Entra na Comunidade Shifter e faz parte da conversa.
Sabe mais
Em teste

Bem-vind@ ao novo site do Shifter! Esta é uma versão beta em que ainda estamos a fazer alguns ajustes.Partilha a tua opinião enviando email para comunidade@shifter.pt