A Uber continua activa em Portugal? Sim, continua

Sim, o tribunal proibiu. Mas tratou-se apenas de uma providência cautelar, que a Uber disse só ter recebido há poucos dias. Numa nova publicação no seu blogue, o gestor da empresa em Portugal nota que “mais de uma semana depois (…), conseguimos ter acesso a esta decisão”.

Rui Bento esclarece que a “Uber continua empenhada em proporcionar uma alternativa de mobilidade urbana segura, fiável e conveniente às cidades portuguesas”, mas que, ao mesmo tempo, está determinada “em cumprir e respeitar a lei e as decisões judiciais portuguesas”.

O serviço nunca parou de funcionar desde que o Tribunal de Primeira Instância de Lisboa se manifestou, a 29 de Abril, contra a plataforma de transporte, na sequência de uma acção interposta pela ANTRAL. “Enquanto esclarecemos esta situação com os tribunais e enquanto aguardamos uma decisão definitiva nas próximas semanas, continuaremos a servir os nossos utilizadores e parceiros em Lisboa e no Porto”, refere Rui Bento.

O responsável pela empresa em Portugal refere ainda que já foi apresentada uma defesa à justiça, estando agora a aguardar uma decisão definitiva, que deverá chegar nas próximas semanas, determinando a continuidade ou não da Uber no país.

“Todo este processo tem servido para mostrar um amplo consenso sobre a necessidade de revisão e actualização da regulação do sector dos transportes face a novas abordagens à mobilidade nas cidades”, realça Rui Bento.

Recorde-se que a empresa lançou, depois da acção provisória do tribunal, uma agressiva campanha online com a hashtag #SomosTodosUBER, em defesa do serviço. Uma campanha que foi reforçada, posteriormente, com um minisite com testemunhos de passageiros e motoristas. Entretanto, o Shifter partilhou um artigo, no qual explica como opera a Uber em Portugal.

No ar fica uma dúvida: quantos novos utilizadores angariou a Uber depois de 29 de Abril?

Insere o promocode UBERSHIFTER na app e desfruta de 1 viagem grátis até 10 € (válido apenas para novos utilizadores).

Partilha nas redes sociais:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
  • Jornalista, adepto de cidades humanas e curioso por ideias que melhorem o país. Co-fundei o Shifter em 2013, sou desde 2020 coordenador do projecto editorial Lisboa Para Pessoas.

Contribui para o Shifter para mais artigos como este:

2 €/mês

5 €/mês

10 €/mês

15 €/mês

Donativo

Artigos Relacionados

Junta-te à Comunidade
Jornalismo é aquilo que fazemos todos juntos. Entra na Comunidade Shifter e faz parte da conversa.
Sabe mais
Em teste

Bem-vind@ ao novo site do Shifter! Esta é uma versão beta em que ainda estamos a fazer alguns ajustes.Partilha a tua opinião enviando email para comunidade@shifter.pt