Ela chama-se Beyoncé, não gosta e há quem a perceba perfeitamente

O blogue facebookiano Humans Of New York publicou, no sábado, uma fotografia de uma rapariga chamada Beyoncé, que diz que por vezes odeia ter o mesmo nome que a cantora norte-americana. “Às vezes odeio o meu nome porque chama muito a atenção, e eu não sou uma pessoa muito social”, explica.

“A minha família mudou-se este ano da Pennsylvania. Eu estava muito assustada que alguém no primeiro dia de aulas reparasse em mim. Nem sequer me mexia no meu lugar com medo de fazer barulho. Uma vez tinha mesmo de tossir, mas aguentei. Quando o professor começou a fazer a chamada fiquei extremamente nervosa, porque cada vez que percebiam que me chamo Beyoncé alguém começava a cantar Single Ladies. E alguns fizeram-no, é claro. Mas o segundo dia de escola já não foi tão mau porque já todos sabiam o meu nome.”

O post do Humans Of New York depressa captou a atenção de outras pessoas cujos nomes são caricatos, cada um pelo seu motivo. Desde aqueles que partilham com Beyoncé o sentimento de ter nome de gente famosa, àqueles cuja fonética nos lembra outras palavras.

Uma onda de solidariedade encheu a caixa de comentários e o resultado é hilariante:

honybeyonce_fb

Partilha nas redes sociais:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
  • A Rita Pinto é Editora-Chefe do Shifter. Estudou Jornalismo, Comunicação, Televisão e Cinema e está no Shifter desde o primeiro dia - passou pela SIC, pela Austrália, mas nunca se foi embora de verdade. Ajuda a pôr os pontos nos is e escreve sobre o mundo, sobretudo cultura e política.

Contribui para o Shifter para mais artigos como este:

2 €/mês

5 €/mês

10 €/mês

15 €/mês

Donativo

Artigos Relacionados

Junta-te à Comunidade
Jornalismo é aquilo que fazemos todos juntos. Entra na Comunidade Shifter e faz parte da conversa.
Sabe mais
Em teste

Bem-vind@ ao novo site do Shifter! Esta é uma versão beta em que ainda estamos a fazer alguns ajustes.Partilha a tua opinião enviando email para comunidade@shifter.pt