O Facebook transformou o Messenger numa plataforma

Ao poucos e poucos, o Facebook Messenger deixou de ser Facebook Messenger para ser só Messenger. A app de mensagens tornou-se independente da rede social (apesar de permanecer integrada nela para logins e listas de amigos). O Messenger ganhou um ícone característico, um design próprio e uma comunicação publicitária dedicada.

Ontem, durante a conferência F8, o Facebook transformou o Messenger numa plataforma: uma plataforma de apps e também uma plataforma de marcas. Já lá vamos às marcas. Para já vamos focarmo-nos no Messenger Plataform, que permite aos programadores desenvolver apps que integrem com o Messenger, criando mais forma de as 600 milhões de pessoas que usam o serviço de mensagens do Facebook todos os meses comunicarem entre si.

O Messenger Platform foi lançado com 40 apps de terceiros. Os utilizadores podem instalar algumas destas apps no seu telemóvel e, assim, partilhar o seu conteúdo via Messenger. Conteúdo como GIFs, vídeos com efeitos especiais, memes, emojis estranhos…

As 40 apps lançadas são: ESPN, Bitmoji, JibJab, Legend, Ultratest, Ditty, Giphy, FlipLip, ClipDis, Memes, PicCollage, Kanvas, JJ Abrams’ studio Bad Robot’s Action Mobie FX, Boostr, Camoji, Cleo Video Texting, Clips, Dubsmash, Effectify, EmotionAR, EMU, Fotor, Gif Keyboard, GifJam, Hook’d, Imgur, Imoji, Keek, Magisto, Meme Generator, Noah Camera, Pic Stitch, PingTank, Score! on Friends, Selfied, Shout, StayFilm, Facebook Stickered, Strobe, Tackl, Talking Tom, Tempo, The Weather Channel, to.be Camera e Wordeo.

messengerplatform_01

Podes instalar estas apps através do Messenger ou ir directamente à App Store/Google Play Store. São apps separadas do Messenger, que vão ocupar espaço extra no teu telemóvel. O Facebook optou por não adicionar a funcionalidade destas apps ao próprio Messenger para não sobrecarregar a app, tornando-a pesada e confusa. Assim, cada utilizador escolhe que apps quer instalar ou se quer instalar alguma.

A interligação entre as apps do Messenger Plataform e o Messenger está muito bem conseguida. Por exemplo, o Giphy permite-nos explorar uma biblioteca quase infinita de GIFs e partilhá-los com os nossos amigos do Messenger. Encontrado o GIF perfeito no Giphy, basta clicar num botão de partilha e escolher no Messenger a pessoa ou as pessoas a quem queremos enviar o GIF. Está feito.

Se a(s) pessoa(s) que receber(em) a mensagem não tiver(em) o Giphy, pode(m) ver na mesma o GIF e instalar a app. Existe um botão de reply junto ao conteúdo, que leva o destinatário directamente o Giphy para que possa encontrar a melhor resposta.

messengerplatform_02

messengerplatform_03

O Messenger já não é uma app que serve apenas para enviar texto, fotos, vídeos, stickers, mensagens de voz e dinheiro aos amigos e para fazer chamadas de voz. Esse é o papel do WhatsApp: uma alternativa ao SMS, para quem procura uma experiência simples. Podes saber mais sobre o Messenger Platform aqui.

Partilha nas redes sociais:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
  • Jornalista, adepto de cidades humanas e curioso por ideias que melhorem o país. Co-fundei o Shifter em 2013, sou desde 2020 coordenador do projecto editorial Lisboa Para Pessoas.

Contribui para o Shifter para mais artigos como este:

2 €/mês

5 €/mês

10 €/mês

15 €/mês

Donativo

Artigos Relacionados

Junta-te à Comunidade
Jornalismo é aquilo que fazemos todos juntos. Entra na Comunidade Shifter e faz parte da conversa.
Sabe mais
Em teste

Bem-vind@ ao novo site do Shifter! Esta é uma versão beta em que ainda estamos a fazer alguns ajustes.Partilha a tua opinião enviando email para comunidade@shifter.pt