Mark Zuckerberg adormeceu-nos


Faltavam ainda 50 minutos para o início do keynote com Mark Zuckerberg e as filas já iam bastante longas à porta do maior auditório do Mobile World Congress. Todavia, tamanho esforço para conseguir entrar num dos eventos mais aguardados deste MWC foi em vão. O fundador do Facebook falou, mas o que disse foi desinteressante.

Zuckerberg abordou novamente o Internet.org, a iniciativa que lidera e que tem como objectivo conectar todo o mundo. O projecto já está presente em 5 países, mas a sua missão está longe de estar concluída. O papel das operadoras de telecomunicações é crucial e foi por isso que algumas delas foram convidadas a participar nesta keynote, que ganhou, assim, a forma de debate – com Jessi Hempel, senior writer da revista Wired, como moderadora.

Muito se falou na conferência de Zuckerberg, mas pouco se ouviu. A audiência não pareceu minimamente interessada no que Zuckerberg e os seus convidados disseram sobre o Internet.org. Frases genéricas, dados poucos concretos e uma abordagem muito superficial estarão por detrás deste desinteresse generalizado. Houve algumas pessoas a sair a meio, e outras – de acordo com um tweet – a adormecer.

https://twitter.com/ruskin147/status/572449178137333760