Ajuda a NASA a descobrir novos asteróides com esta app gratuita

Agora, tu podes ajudar a NASA a descobrir novos asteróides. No SXSW 2015, que está a decorrer no Texas, a agência espacial norte-americana apresentou uma app para computadores que pretende envolver astrónomos amadores na detecção de novos asteróides no sistema solar. O software da NASA funciona nas plataformas Windows e OS X (uma versão Linux está a ser preparada).

A app – intitulada Asteroid Data Hunter – tem por base código aberto que pode ser usado e modificado por qualquer utilizador, estando disponível para download via Github. O aplicativo aceita imagens de um telescópio e corre um algoritmo nelas para determinar que corpos celestes estão a mover-se como um asteróide se move. Se um possível novo asteróide for detectado, a informação será enviada para a NASA para completar a base de dados da agência.

A NASA diz que o algoritmo é capaz de identificar 15% mais asteróides na cintura de asteróides (localizada entre Marte e Júpiter) que as soluções anteriores. O software não só consegue identificar asteróides, como também relacioná-los com a actual base de dados de objectos próximos da Terra (NEOs).

O Asteroid Data Hunter pode vir a revelar-se muito útil para a NASA no reconhecimento e caracterização de NEOs que podem ser ameaças para a Terra. Também pode ser útil para identificar asteróides possíveis candidatos a futuras missões de investigação.

(f0nte: NASA)

Partilha nas redes sociais:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
  • Jornalista, adepto de cidades humanas e curioso por ideias que melhorem o país. Co-fundei o Shifter em 2013, sou desde 2020 coordenador do projecto editorial Lisboa Para Pessoas.

Contribui para o Shifter para mais artigos como este:

2 €/mês

5 €/mês

10 €/mês

15 €/mês

Donativo

Artigos Relacionados

Junta-te à Comunidade
Jornalismo é aquilo que fazemos todos juntos. Entra na Comunidade Shifter e faz parte da conversa.
Sabe mais
Em teste

Bem-vind@ ao novo site do Shifter! Esta é uma versão beta em que ainda estamos a fazer alguns ajustes.Partilha a tua opinião enviando email para comunidade@shifter.pt