Um português pediu ajuda no Reddit e o Reddit ajudou-o

Uma mensagem partilhada pelo utilizador SemFuturo no Reddit, um dos maiores fóruns da Internet, captou rapidamente a atenção dos cibernautas. Tratava-se de um “pedido de ajuda urgente”: SemFuturo, um homem de 40 e poucos anos, a viver nas ruas de Lisboa, procurava quem o ajudasse a mudar o rumo da sua vida.

Update a 18/02/2015: o português que o Reddit ajudou pode ser, afinal, um burlão

Update a 19/02/2015: o português que pediu ajuda no Reddit pode ter simulado a primeira ajuda recebida

semfuturoreddit_pedido

O pedido foi partilhado no fórum português do Reddit (/r/portugal) este sábado, dia 14 de Fevereiro. SemFuturo procurava casa (porque tinha ficado sem ela), comida, roupa lavada e um computador para fazer o seu CV. Entre os mais de 100 comentários que recebeu, houve quem lhe recomendasse os equipamentos informáticos gratuitos das Bibliotecas Municipais de Lisboa e quem lhe sugerisse instituições como a Refood, a AMI ou a ANCAP para o problema da alimentação e do alojamento.

semfuturoreddit_ajuda1

semfuturoreddit_ajuda7

semfuturoreddit_ajuda6

semfuturoreddit_ajuda5

semfuturoreddit_ajuda4

semfuturoreddit_ajuda3

semfuturoreddit_ajuda2

Entre inúmeras respostas, houve algumas que se destacaram. Por exemplo, a do utilizador ithinkandroid, com quem o Shifter conversou ao telefone. Mantendo o anonimato para além do seu username, ithinkandroid contou-nos que se encontrou pessoalmente com SemFuturo e que viu bem, à sua frente, o desespero de uma pessoa que, numa idade madura, encontrou todas as portas e janelas fechadas. ithinkandroid ajudou naquilo que podia e SemFuturo agradeceu, assim:

semfuturoreddit_update1

Outras mensagens de apoio se sucederam e SemFuturo agradeceu mais duas vezes no Reddit, durante a tarde deste domingo:

semfuturoreddit_update2

semfuturoreddit_update3

Este acontecimento é um exemplo de sucesso revelador do potencial da comunidade online. Well done, Internet!

Partilha nas redes sociais:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
  • Jornalista, adepto de cidades humanas e curioso por ideias que melhorem o país. Co-fundei o Shifter em 2013, sou desde 2020 coordenador do projecto editorial Lisboa Para Pessoas.

Contribui para o Shifter para mais artigos como este:

2 €/mês

5 €/mês

10 €/mês

15 €/mês

Donativo

Artigos Relacionados

Junta-te à Comunidade
Jornalismo é aquilo que fazemos todos juntos. Entra na Comunidade Shifter e faz parte da conversa.
Sabe mais
Em teste

Bem-vind@ ao novo site do Shifter! Esta é uma versão beta em que ainda estamos a fazer alguns ajustes.Partilha a tua opinião enviando email para comunidade@shifter.pt