A Google está criar o seu próprio “Uber”


Este artigo é gratuito como todos os artigos no Shifter.
Se consideras apoiar o nosso trabalho, contribui aqui.

A Uber está prestes a perder uma importante aliada. A Google, que foi uma das maiores investidoras durante o arranque da start-up californiana, está a desenvolver um serviço concorrente, o seu próprio serviço de transporte baseado na Internet. A notícia é avançada pelo Bloomberg Business.

A relação entre a Uber e a Google foi iniciada em Agosto de 2013 quando a Google Ventures, a empresa de capital de risco da gigante tecnológica, fez um investimento de 258 milhões de dólares – foi, até ao momento, o maior investimento de sempre da Google Ventures. Um ano depois, a Google colocou mais dinheiro na Uber e David Drummond, vice-presidente da área de desenvolvimento da gigante de Mountain View, juntou-se à administração da Uber.

Fonte próxima da administração da Uber disse ao Bloomberg Business que já foi informada por David Drummond das intenções da Google. Os executivos da Uber – que já tiveram acesso a screenshots de uma primeira versão da nova app da Google, de acordo com a mesma fonte – estão a pedir a Drummond que deixe o cargo que ocupa no quadro empresa.

O “Uber da Google” está a criado em paralelo com o projecto de carro autónomo, que está a ser desenvolvido pela Google há vários anos: um carro eléctrico com capacidade para dois passageiros e que não precisa de condutor, anda sozinho. Assim descrito, este “Uber da Google” parece encaixar nos sonhos da Larry Page de criar a cidade perfeita, que opera eficiente e autonomamente. Numa conferência de imprensa em Janeiro último, Chris Urmson, a cabeça do projecto de carro autónomo da Google, falou num cenário em que veículos sem condutor estão a patrulhar bairros para pegar e deixar passageiros“podes chamar um veículo, dizer-lhe para onde queres ir e ele leva-te até esse sítio”, disse.

A Uber não comentou a notícia da Bloomberg Business, já a Google deixou uma interessante resposta no Twitter: “Nós achamos que a Uber e o Lyft [um concorrente da Uber] funcionam bastante bem. Estamos a usá-los constantemente.”

Recorde-se que a Uber está a operar desde o Verão do ano passado em Portugal, primeiro com o serviço UberBLACK em Lisboa, e depois com o uberX na capital e também no Porto.

Investimos diariamente em artigos como este.
Precisamos do teu investimento para poder continuar.