3ª edição do LisbonWeek vai contar a história de Alvalade e arredores


Este artigo é gratuito como todos os artigos no Shifter.
Se consideras apoiar o nosso trabalho, contribui aqui.

A terceira edição do LisbonWeek já tem data marcada. De 10 a 19 de Abril, no bairro de Alvalade, um dos maiores eventos culturais e turísticos de Lisboa estará à disposição de todos os curiosos e entusiastas pela cultura. A organização está à cabo da ACTU – Associação Cultural Turística Urbana – da Câmara Municipal de Lisboa e da Junta de Freguesia de Alvalade.

A iniciativa tem como objectivo dar a conhecer 11 edifícios históricos da zona através de visitas guiadas. A Biblioteca Nacional de Portugal, o Jardim do Campo Grande, a Reitoria da Universidade de Lisboa, a Torre do Tombo, o Museu de Lisboa/Palácio Pimenta, o Museu Bordalo Pinheiro, o Hospital Júlio de Matos, o Laboratório Nacional de Engenharia Civil e o Complexo dos Coruchéus terão o prazer de ouvir, pelas vozes dos curadores do evento, os segredos mais emblemáticos que encerram as suas salas.

A acrescentar a este programa de visitas, existirão ainda passeios de autocarro que têm como objectivo mostrar o plano urbanístico de Alvalade e homenagear Porfírio Pardal Monteiro, reconhecido arquitecto português e autor de algumas obras a visitar como a Biblioteca, a Universidade e o Laboratório.

lisbonweek15_02

Além destes grandes momentos de programação, o LisbonWeek destaca ainda quatro exposições exclusivas, todas elas gratuitas no período assinalado, e a estreia de uma peça de teatro original:

  • “Porfírio Pardal Monteiro: Arquitecto de Lisboa”, com curadoria de Ana Tostões e João Pardal Monteiro, em exibição na Biblioteca Nacional de Portugal explana a vida e obra do artista;
  • “Encontrar Maria Keil”, uma produção da ACTU na Estação de Metro de Alvalade, expõe alguns dos trabalhos de azulejaria mais notáveis da pintora.
  • “Urban Sketchers”, um olhar diferente sobre o quotidiano de Alvalade, pelas mãos do Grupo Urban Sketchers, que durante Janeiro e Fevereiro irão captar o ambiente, as cores e a vida daquele bairro. Os desenhos estarão expostos na Reitoria da Universidade de Lisboa;
  • “Vanguarda”, uma exposição de fotografia que recua até à década de 50 para mostrar o dia-a-dia de Alvalade. As imagens foram disponibilizadas pelo Arquivo Municipal de Lisboa, e podem ser vistas no Centro Comercial Alvalade.
  • “E Morreram Felizes Para Sempre”, uma peça de teatro que decorre no Hospital Júlio de Matos, da autoria de Nuno Moreira e direcção de actores de Ana Padrão. Conta a tragédia dia amorosa de Pedro e Inês de Castro e a invenção da lobotomia, por Egas Moniz, proposto para Prémio Nobel no primeiro Congresso Internacional de Psicocirurgia, que decorreu neste hospital, em 1948.

O LisbonWeek não será, no entanto, inteiramente gratuito este ano. Cerca de metade dos eventos terão um preço “simbólico”, para viabilizar o futuro do projecto. Os bilhetes podem ser adquiridos por um preço especial, de cinco e sete euros, entre 22 de janeiro e 5 de fevereiro (período de pré-venda) através da Ticketline.

lisbonweek15_03

Se já te sentes empolgado e curioso com o projecto, convidamos-te a seguir as várias redes sociais do LisbonWeek, onde já é possível visualizar o mapa e as primeiras imagens dos vários locais a visitar. Pelo Facebook, Instagram ou Youtube, podes manter-te actualizado de todas as novidades que esta semana promete oferecer.

“O mundo inteiro já está de olhos postos em Lisboa. De 10 a 19 de Abril, os olhares vão fixar-se em Alvalade.”

lisbonweek15

Investimos diariamente em artigos como este.
Precisamos do teu investimento para poder continuar.