RIP A$AP YAMS


Yams podia não ser o membro mais popular dos A$AP mas era, sem dúvida, um dos mais importantes. Steven Rodriguez – o seu nome real – morreu dia 18 de Janeiro e a notícia foi tornada pública pelo Twitter oficial da sua crew, A$AP MOB.

Yams é um dos membros fundadores da A$AP Mob e se dúvidas houvesse quanto à importância que os restantes rappers lhe atribuíam, a resposta é clara quando olhamos para as dezenas de manifestações de solidariedade e pesar que se multiplicaram nos últimos dias nas redes sociais. A mensagem foi unânime entre os mais novos: “sem ti alguns de nós nunca estariam aqui”, disseram por diferentes palavras nomes como A$AP Ferg ou Meech Darko, rapper do grupo Flatbush Zombies que em comum com os A$AP Mob tem o facto de pertencer ao movimento Beast Coast.

A reacção foi singular e todo o hip-hop fez o seu luto. As intervenções nas redes sociais chegaram também de personalidades como Drake e Azealia Banks, que honraram o génio moderno por trás dos A$AP Mob.

A história de Yams e de como conseguiu o seu estatuto e sucesso é simples e casual, o que até a pode tornar mais inesperada. Sim, parece redutor, mas a verdade é que foi pelas mãos de Steven Rodriguez que apareceu (A$AP) Rocky. E foi através do Tumblr que Yams o fez “explodir”. O jovem latino era uma enciclopédia do hip-hop e fez desse estatuto um ponto de partida para uma carreia que apesar de se ter revelado curta foi de grande sucesso.

Tudo começou com o Real Nigga Tumblr, uma página de hip-hop com a curadoria de Yams. Os melhores artworks, mixtapes com R&B dos anos 1990 e os rappers mais frescos que surgiam no movimento eram o menu habitual de um site que rapidamente cativou os amantes do rap e se tornou numa referência para a cultura. Foi nesse momento e apercebendo-se desse estatuto que Yams usou o mesmo Tumblr para lançar uma faixa de Rocky e o dar a conhecer ao mundo – corria o ano de 2008. Foi assim que tudo começou e assim que tudo se iria repetir, Yams focara-se entretanto em potenciar A$AP Ferg e outros novos nomes, bem como em trabalhar a marca A$AP no mundo da moda.

Não há confirmação oficial para qual terá sido a causa da morte de Steven Rodriguez mas os rumores apontam para uma morte relacionada com o consumo de drogas. Yams lutava contra uma adição há algum tempo, depois de ter deixado o seu gosto por drogas escalar ao ponto de só a oitava barra de xanax o deixar high.

A descrição deste seu estado foi feita pelo próprio, numa publicação no Tumblr em que se diz livre de drogas desde 26 de Junho (de 2014). Desde então, sabe-se que tentava evitar saídas à noite, passar tempo nos sets de videos ou qualquer outro tipo de convivência que se tornasse tentadora.

asapyams_tumblr

Desde o anúncio da sua morte que “a Internet” se questiona sobre a causa e de entre algumas questões mais reservadas surge uma que muito se repete: Yams morreu de overdose de Lean ou de Xanax? A pergunta fica e os conselhos também, em todas estas manifestações os admiradores da crew fazem questão de lamentar o facto de nunca ninguém ter dito a Yams para se acalmar e revelam ainda a esperança de que esta morte sirva para aprendizagem de outros – o Lean, Purple Drank ou Sizzurp, como é conhecido o princípio activo desta substância, é uma droga feita a partir de simples xarope para a tosse, muito popular junto do movimento hip-hop e que em 2013 foi noticia global após a hospitalização de Lil Wayne.

A$AP Yams era o mastermind da crew mas não deixava de aparecer e a última vez que o fez foi no video de A$AP Rocky, lançado a dia 2 de Outubro.