Hackers que ameaçaram a Sony podem estar a ameaçar a CNN


Desengane-se quem pensa que os Guardians of Peace adormeceram. Depois de terem atacado o sistema informático da Sony Pictures e de terem visto as ameaças feitas irem por água abaixo com a (afinal) exibição de The Interview, o grupo de hackers tem um novo plano.

A publicação online norte-americana The Intercept teve acesso a um documento do FBI onda consta que os GOP estão a preparar um ataque a um órgão de comunicação social “num futuro próximo”. Não se fala em nomes e é até utilizado o nome de código USPER2 mas um boato diz que se pode tratar da CNN.

É avançado pelo jornalista independente Mathew Keys, que afirma que, segundo as mensagens que encontrou na aplicação web PasteBin tudo aponta para que seja a gigante norte-americana. O post em causa é anónimo, foi publicado na rede por “um convidado” numa tradução livre do inglês “a Guest” mas aparece assinado no início como “By GOP”.

By GOP
The result of investigation by CNN is so excellent that you might have seen what we were doing with your own eyes.
We congratulate you success.
CNN is the BEST in the world.

You will find the gift for CNN at the following address.
https://www.youtube.com/watch?v=hiRacdl02w4
Enjoy!

P.S. You have 24 hours to give us the Wolf.

O Business Insider também decidiu analisar a mensagem e afirma que é “incrivelmente idêntica” àquela enviada pelo grupo ao FBI. A única diferença é o P.S. Os supostos Guardians of Peace pedem à CNN que lhes entregue o Wolf, que na interpretação do Business Insider pode ser uma referência ao pivô da CNN Wolf Blitzer.

Até se confirmar a autoria e veracidade da ameaça fica o aviso. Afinal, é mesmo esse o propósito da divulgação dos boletins do FBI.

Previous Nokia 215: imagina o teu velhinho 3310 com net
Next O robô Opportunity tem “amnésia”, mas a NASA já está a resolver