Agora podes partilhar vídeos até 30 segundos no Twitter

O Twitter é muito mais que 140 caracteres de texto. É também fotos, GIFs, Vines e música. Agora o Twitter também é vídeo: qualquer utilizador pode fazer upload para a rede social vídeos até 30 segundos. Até aqui a funcionalidade de vídeo, estava restrita a algumas marcas e parceiros.

O upload de vídeo pode ser feito através das apps iOS e Android para telemóveis. A gravação não tem de ser obrigatoriamente contínua, isto é, é possível parar e retomar o vídeo até ser atingido o limite máximo de tempo.

Os vídeos partilhados no Twitter têm o formato quadrado, tal como os Vines.

No iOS, podes fazer o upload de vídeos que tenhas guardados no telemóvel – esta funcionalidade chegará posteriormente ao Android.

https://www.youtube.com/watch?v=qtFJf1N3zWw

Se abrires neste momento o Twitter no teu telemóvel, é provável que ainda não consigas fazer o upload de clips, terás de esperar pela actualização da app, que deverá chegar nas próximas horas ou dias, segundo a empresa.

Uma coisa é certa: com vídeo no Twitter é fácil imaginar o que vai mudar nesta plataforma. Se até hoje ela já servia para relatar em tempo real movimentos sociais, acidentes humanos ou catástrofes naturais, a partir de hoje esse acompanhamento do Mundo real será muito mais rico e profundo: não há melhor forma de mostrar o que está a acontecer num mundo que através de vídeo.

Partilha nas redes sociais:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
  • Jornalista, adepto de cidades humanas e curioso por ideias que melhorem o país. Co-fundei o Shifter em 2013, sou desde 2020 coordenador do projecto editorial Lisboa Para Pessoas.

Contribui para o Shifter para mais artigos como este:

2 €/mês

5 €/mês

10 €/mês

15 €/mês

Donativo

Artigos Relacionados

Junta-te à Comunidade
Jornalismo é aquilo que fazemos todos juntos. Entra na Comunidade Shifter e faz parte da conversa.
Sabe mais
Ainda em testes

Bem-vind@ ao novo site do Shifter! Esta é uma versão beta em que ainda estamos a fazer alguns ajustes.Partilha a tua opinião enviando email para comunidade@shifter.pt