O que precisas de saber sobre o filme ‘Inherent Vice’


Inherent Vice é um dos melhores filmes de 2014 – podemos começar assim este artigo; no entanto, hoje em dia, catalogar um filme desta forma é banalizar e balizar o que requer requinte e reflexão – ou não estivéssemos nós aqui a falar dum filme de Paul Thomas Anderson, considerado por muitos um dos mais promissores realizadores de Hollywood. No seu curriculum constam sete longas-metragens, fazendo a soma com Inherent Vice, e quatro nomeações para os Óscares.

Esta é a primeira adaptação ao cinema da obra literária de Thomas Pynchon, que conta com a realização e a adaptação do argumento de Paul Thomas Anderson. Segundo consta no site IMDB o realizador quando fez a adaptação do livro escreveu palavra por palavra, tentando assim orientar a adaptação do argumento duma forma mais fiel à obra. Um dos protagonistas do filme, Josh Brolin, revelou que Thomas Pynchon – autor da obra literária – vai marcar presença no filme. O livro de Pynchon foi publicado em Portugal com o título Vício Intrínseco, o mesmo que terá o filme, segundo a sinopse que consta na Bertrand, a adaptação cinematográfica é “em parte noir, em parte farsa psicadélica”.

O novo filme de Paul Thomas Anderson, com estreia mundial a 8 de Janeiro de 2015, é selvagem e fascinante, uma máquina cinematográfica que coloca o espectador, profundamente, dentro dum mundo paranoico e obscuro dos anos sessenta, em Los Angeles. A história desenrola-se em torno do detetive particular Doc Sportello, Joaquin Phoenix, um fã de marijuana que há anos não vê a sua ex-namorada. Um dia ela reaparece com uma história de um plano para raptar um milionário por quem se apaixonou. Mas, Doc sabe que o amor não passa de mais uma palavra que anda na moda. O problema é que esse plano faz parte de uma conspiração bem maior…

Inherent Vice vai ser distribuído por um grande estúdio de Hollywood – Warner Bros. Pictures – marcando assim o regresso de Paul Thomas Anderson a um grande distribuidor desde o seu filme Punch-Drunk Love, em 2002, pela Columbia Pictures.

Previous ‘La Plaie’
Next Co-fundador do Twitter “tá-se a borrifar” para o facto de o Instagram ter mais utilizadores