Chegou o YotaPhone 2, a segunda geração do telemóvel com dois ecrãs


Em Fevereiro, tivemos a oportunidade de experimentar o primeiro YotaPhone em Barcelona. Já tínhamos ouvido falar do telemóvel, até porque a ideia de ter dois ecrãs tinha-nos causado alguma estranheza. Mas mal tivemos o Yota Phone nas mãos percebemos que não havia nada de errado ali. O ecrã principal é um ecrã normalíssimo, igual ao da maioria dos smartphones. O ecrã secundário está nas traseiras é de de tinta electrónica; está “sempre” ligado e serve para guardar informação que queremos consultar regularmente, como notificações, meteorologia e tweets importantes.

Ainda em Fevereiro, vimos o YotaPhone 2, mas só agora o telemóvel chegou ao mercado. Custa 669 euros. O telemóvel tem um ecrã frontal LCD de 5 polegadas com resolução Full HD, no qual podemos experienciar o Android de sempre (neste caso, o Android 4.4, mas no futuro o telemóvel receberá a actualização para o Android 5.0); e um ecrã traseiro e-Ink (isto é, de tinta electrónica) de 4,7 polegadas com uma taxa de actualização de 12 milisegundos e sensível ao toque.

No ecrã e-Ink, podemos usar um conjunto de apps desenvolvidas pela Yota – as YotaApps. O YotaRSS permite ter os nossos feeds RSS sempre presentes na traseira do telemóvel para uma leitura confortável. Existem jogos como xadrez, sudoku ou 2048. O segundo ecrã serve ainda para consultar notificações, ler os últimos tweets das nossas contas favoritas ou ler livros. E, através do YotaMirror, é possível migrar uma qualquer app Android para o ecrã de trás.

yotaphone2_02

Os ecrãs e-Ink têm um consumo energético muito mais reduzido que os LCD, pelo que o utilizador pode usá-lo para não desperdiçar energia através do ecrã frontal. Mas no YotaPhone 2 a bateria não deverá ser um problema: ela é de 2.500 mAh e, segundo a empresa, dura entre 2 a 5 dias, dependendo da utilização, com um único carregamento e o modo YotaEnergy activado.

O processador é um Snapdragon 800 quad-core de 2.2 GHz, a RAM é de 2 GB e o armazenamento interno é de 32 GB (e não há slot para cartão de memória). O telemóvel tem duas câmaras: uma de 8 megapixels na traseira e outra de 2.1 megapixels na frente. Possui ainda suporte para 4G, Wi-Fi, Bluetooth 4.0 e NFC.

O YotaPhone 2 custa 699 euros e está à venda nos mercados europeus.