A Uber chegou ao Porto

Desde Julho a operar em Lisboa, a Uber chega hoje à Invicta com o seu serviço low-cost: o uberX. A partir de hoje, podes usar o telemóvel para chamar um motorista profissional e viajar confortavelmente numa viatura de gama média. Os preços são os de um táxi normal (ou até mais baratos): a tarifa base é 1 €, à qual acresce 0,10 €/minuto e 0,65 €/km.

Em Lisboa, a Uber opera desde meados do Verão o serviço UberBlack, que usa viaturas de luxo e motoristas profissionais. Neste serviço, a tarifa mínima é de 8 € (isto é, 2 € de base, mais 0,30 €/minuto e 1,10 €/km. No uberX, os motoristas continuam a ser profissionais, mas os veículos são de gama média, pelo que a tarifa mínima desce para 2,5 € (1 € de base, 0,10 €/minuto e 0,65 €/km).

Quer seja para fazer compras em Santa Catarina, dar um passeio nos Aliados ou juntar-se aos seus amigos na Foz, o uberX permite fazer as suas viagens dentro da cidade de forma segura, fiável e económica. (O uberX chegou hoje a Lisboa.)

A oferta de um complemento fiável e conveniente às opções de transporte existentes permite, segundo a empresa, melhorar a mobilidade urbana no Porto, reduzindo simultaneamente o congestionamento de tráfego e o impacto ambiental dos veículos.

Como começar a viajar de Uber?

O primeiro passo é descarregar a app Uber para o teu telemóvel (está disponível para iOS, Android, Windows e Blackberry) e fazer o registo na mesma, associando uma forma de pagamento como PayPal ou cartão de crédito.

A partir daí, podes usar o serviço: solicitas um carro e em poucos minutos ele aparece no local em que estás. Através da app, já sabes quem é o seu motorista, bem como a marca, modelo e matrícula do carro. Durante a viagem, os utilizadores podem acompanhar no telemóvel o percurso. Chegados ao destino, basta sair do Uber: os pagamentos são processados automaticamente através da app.

Queres 10 € para gastar no Uber?

Insere o promocode UBERSHIFTER na app e desfruta de 1 viagem grátis até 10 € (válido apenas para novos utilizadores).

Partilha nas redes sociais:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
  • Jornalista, adepto de cidades humanas e curioso por ideias que melhorem o país. Co-fundei o Shifter em 2013, sou desde 2020 coordenador do projecto editorial Lisboa Para Pessoas.

Contribui para o Shifter para mais artigos como este:

2 €/mês

5 €/mês

10 €/mês

15 €/mês

Donativo

Artigos Relacionados

Junta-te à Comunidade
Jornalismo é aquilo que fazemos todos juntos. Entra na Comunidade Shifter e faz parte da conversa.
Sabe mais
Em teste

Bem-vind@ ao novo site do Shifter! Esta é uma versão beta em que ainda estamos a fazer alguns ajustes.Partilha a tua opinião enviando email para comunidade@shifter.pt