A cratera Gale, em Marte, terá albergado um enorme lago há milhões de anos

Novos dados do Mars Rover Curiosity, o pequeno explorador de Marte, vieram dar mais força à teoria de que Marte já teve água no estado líquido e, possivelmente, vida!

Numa conferência de imprensa realizada a semana passada, a NASA revelou as mais recentes análises dos dados recolhidos pelo Curiosity. A sonda, que aterrou há dois anos em Marte, tem vindo a explorar um local conhecido como Monte Sharp. Esta elevação do terreno marciano encontra-se mesmo no meio de uma cratera, a cratera Gale, e análises ao solo indicam que este monte se possa ter formado por deposição de sedimentos aquando da existência de um lago na cratera.

Através dos múltiplos instrumentos a bordo do Curiosity, os cientistas perceberam que a disposição dos sedimentos do terreno apontava claramente para a presença de um lago com milhões de anos de existência. Além disso, perceberam que elementos como o vento e as correntes de água teriam que estar presentes para criar o monte Sharp, uma formação com cerca de 4 800 metros de altitude.

O facto de se provar a existência de um lago com estas características e com tanto tempo de existência, é também extremamente importante para entender o clima que poderá ter existido no Planeta Vermelho há milhões de anos.

Segundo Ashwin Vasavada, cientista responsável pelo projeto no Jet Propulsion Laboratory, na Caltech, “para ter tido um lago na cratera Gale durante milhões de anos, Marte necessitaria de possuir um ciclo hidrológico bastante activo para manter a atmosfera húmida.” Um ciclo hidrológico de tais dimensões que só seria possível através da existência de grandes massas de água como oceanos ou glaciares nos polos do Planeta. Nas palavras de Vasavada: “Marte devia estar cheio de água.” 

Nos próximos tempos, a Curiosity irá realizar perfurações na região mais baixa da cratera Gale, de modo a realizar análises químicas, para compreender melhor o que se passava naquela região há milhões de anos.

Partilha nas redes sociais:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Contribui para o Shifter para mais artigos como este:

2 €/mês

5 €/mês

10 €/mês

15 €/mês

Donativo

Artigos Relacionados

Junta-te à Comunidade
Jornalismo é aquilo que fazemos todos juntos. Entra na Comunidade Shifter e faz parte da conversa.
Sabe mais
Em teste

Bem-vind@ ao novo site do Shifter! Esta é uma versão beta em que ainda estamos a fazer alguns ajustes.Partilha a tua opinião enviando email para comunidade@shifter.pt