Os grupos do Facebook ganharam uma nova vida

O Facebook continua o seu processo de desmultiplicar a sua gigante e complexa plataforma em várias pequenas apps. A nova delas –  concebida pelo Creative Labs – chama-se Groups e serve para dar uma nova vida aos grupos que perderam a sua importância na rede social.

fbgroupsapp_01

O Facebook diz que, todos os meses, 700 milhões de pessoas usam os grupos. Estes permitem uma partilha selectiva e temática de conteúdo, organizando os mais de 1,3 mil milhões de utilizadores do Facebook em pequenas comunidades. Temos grupos para estar em contacto com a família, para colaborar em projectos, para planear viagens ou eventos, para amigos, para reunir a escola ou faculdade…

Até aqui, o Facebook manteve os grupos muito centrados no desktop. Na verdade, usar os grupos no telemóvel implicava abrir a app principal do Facebook, ir ao menu, encontrar o grupo pretendido e aí, sim, navegar nos posts ou partilhar algo. Não há um feed, nessa app, só para o conteúdo dos grupos, nem uma secção dedicada.

fbgroupsapp_02

Com a app Facebook Groups, os utilizadores podem facilmente discutir, planear e colaborar – nada se perde na confusão do News Feed e das mensagens; podem escolher como e quando querem receber notificações.

Podes usar a app para criar novos grupos. No painel, o Facebook sugere-te algumas temáticas (família, amigos próximos, vizinhos, venda, projectos e trabalho), revelando a sua visão sobre aquilo para que devem ser utilizados os grupos.

fbgroupsapp_03

Os grupos têm este layout na app:

fbgroupsapp_04

Na app, recebes apenas notificações de actividade nos grupos. Podes adicionar grupos ao homescreen do teu telemóvel, tanto em Android, como (surpreendentemente) em iOS. Podes ainda usar a app para descobrir novos grupos e te juntares a eles.

Os grupos continuam disponíveis na app principal do Facebook e no desktop.

A app Facebook Groups pode ser descarregada para iOS e Android.

Partilha nas redes sociais:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
  • Jornalista, adepto de cidades humanas e curioso por ideias que melhorem o país. Co-fundei o Shifter em 2013, sou desde 2020 coordenador do projecto editorial Lisboa Para Pessoas.

Contribui para o Shifter para mais artigos como este:

2 €/mês

5 €/mês

10 €/mês

15 €/mês

Donativo

Artigos Relacionados

Junta-te à Comunidade
Jornalismo é aquilo que fazemos todos juntos. Entra na Comunidade Shifter e faz parte da conversa.
Sabe mais
Em teste

Bem-vind@ ao novo site do Shifter! Esta é uma versão beta em que ainda estamos a fazer alguns ajustes.Partilha a tua opinião enviando email para comunidade@shifter.pt