O BitTorrent fez uma app de chat. Chama-se Bleep

A empresa que todos conhecemos por estar associada aos torrents fez uma app para conversares com os teus amigos, quer seja por mensagens escritas, quer seja por chamadas de voz. Mas o Bleep – assim se chama – tem uma particularidade: diz a BitTorrent, é a app de chat mais segura do mundo.

Para já disponível em versão alpha para Windows, Mac e Android, o Bleep é o culminar de um projecto interno da BitTorrent, anunciado no final de 2013. A empresa queria desenvolver uma plataforma de chat onde a segurança e a privacidade fossem palavras de ordem, e diz tê-lo conseguido.

O Bleep, para além de encriptar todas as mensagens, apenas as armazena localmente nos telemóveis de quem as envia/recebe. Isto é, não há nenhum servidor envolvido no processo. Os utilizadores podem facilmente apagar o histórico das mensagens, sem deixar qualquer rasto da conversa.

bleep_screen

O registo no Bleep é feito com um endereço de e-mail ou um número de telemóvel; no entanto, é possível um modo incógnito, isto é, podes usar a app de forma totalmente anónima. Para já, é possível apenas enviar mensagens de texto e fazer videochamadas, e as 2 pessoas da conversa precisam de estar online em simultâneo para que a mesma se processe.

O Bleep ainda está longe de estar finalizado, ainda precisa de passar pela versão beta. Mas é uma app a experimentar.

bleep_promo

Partilha nas redes sociais:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
  • Jornalista, adepto de cidades humanas e curioso por ideias que melhorem o país. Co-fundei o Shifter em 2013, sou desde 2020 coordenador do projecto editorial Lisboa Para Pessoas.

Contribui para o Shifter para mais artigos como este:

2 €/mês

5 €/mês

10 €/mês

15 €/mês

Donativo

Artigos Relacionados

Junta-te à Comunidade
Jornalismo é aquilo que fazemos todos juntos. Entra na Comunidade Shifter e faz parte da conversa.
Sabe mais
Em teste

Bem-vind@ ao novo site do Shifter! Esta é uma versão beta em que ainda estamos a fazer alguns ajustes.Partilha a tua opinião enviando email para comunidade@shifter.pt