Samsung Gear VR: uma nova realidade a caminho de Portugal


Com a ajuda da Oculus, a Samsung entrou no negócio da realidade aumentada. O Gear VR é a primeira aposta da sul-coreana e vai chegar a Portugal já no início de 2015, numa altura em que ainda isto da realidade aumentada ainda está muito verde, não se sabendo muito bem se é coisa para durar ou se é apenas moda passageira como o foi o 3D.

Na apresentação à imprensa nacional, que decorreu esta quarta, Samsung não demorou muito tempo a falar do Gear VR, mas o produto foi o que mais chamou à atenção dos jornalistas na sala de demonstração.

O Gear VR foi feito pela Oculus; a Samsung preocupou-se apenas com a integração do seu smartphone Galaxy Note 4 – por agora, o único compatível – nos óculos. Aliás, o Note 4 é o elemento fulcral do equipamento, é ele que garante a experiência de realidade aumentada.

Quando colocas o Gear VR na cabeça, entras imediatamente numa realidade diferente. Tudo aquilo que antes tinhas à tua volta desaparece: entras num novo Mundo e ficas sem noção das pessoas e dos objectos que estão fisicamente, o que te pode causar algum desconforto.

A experiência que os óculos que dão é muito imersiva. Apesar de a imagem não ter a melhor resolução (parece distorcida, está longe do HD), o Gear VR deixa-te explorar uma realidade alternativa através da rotação da cabeça, em 360º: sempre que movimentas o pescoço, o cenário virtual acompanha esse movimento. A navegação nos menus é feita através de um trackpad e de um botão na lateral direita dos óculos.

gearvrimpressoes_02

O potencial do Gear VR é enorme, principalmente no mercado dos videojogos e do cinema é enorme. Mas estamos ainda numa fase inicial: o sucesso do produto depende do conteúdo que os programadores desenvolvam para ele.

Todavia, o Gear VR nunca conseguirá oferecer a experiência perfeita e a culpa é, em parte, da própria tecnologia de realidade aumentada, que ainda não está madura. A falta de interactividade é capaz de ser o principal “problema”: entramos num Mundo novo, mas ao contrário do Mundo antigo não conseguimos interagir com as personagens. E isso é frustante, sentes-te incapaz.

Estamos, ainda assim, curiosos por experimentar mais a fundo o Gear VR. O produto estará em demonstração, em Portugal, em várias lojas por altura do Natal e será posto à venda no início de 2015. Preços ainda não são conhecidos.

Previous Para triplicar o secretismo, a Apple chamou Stephen Colbert
Next ‘Easter egg’ do Android Lollipop é uma espécie de Flappy Bird