Novo Tesla S é um supercarro eléctrico com duplo motor e piloto automático


Muitos referem-se à Tesla Motors como a “Apple do sector automóvel” e a Elon Musk como o seu “Steve Jobs”. Ontem, a fabricante apresentou duas novidades relativas ao seu modelo Tesla S, num evento que teve um hypezinho à boa moda da gigante de Cupertino.

O actual Tesla S é um carro eléctrico, e o novo Tesla S é um supercarro eléctrico. Mas, apesar de eléctrico, o novo “brinquedo” apresentado ontem por Elon Musk consegue ir dos 0 aos 100 km/h em apenas 3,2 segundos. Um desempenho igual ou superior a muitos topo de gama não-eléctricos, como um Porsche, um Audi ou um Lamborghini.

Tal acontece porque o Tesla S tem um sistema dual-motor, isto é, o veículo tem um motor na secção dianteira e outro na traseira. Os dois motores (eléctricos) podem oferecer, juntos, uma potência de 691 cv, algo nunca antes visto num veículo eléctrico.

Outra grande novidade do Tesla S é o sistema de piloto automático. Usando diversos sensores, o veículo consegue andar sozinho numa autoestrada, não precisando assim da colaboração do condutor. Caso confie a 100% nesta funcionalidade, o condutor poderá ser apenas um mero passageiro.

Mas nem tudo correu exactamente como previsto. Os investidores não reagiram muito bem às novidades apresentadas, e fica a ideia de que as expectativas criadas não foram correspondidas.  O resultado foi uma queda em bolsa de 7% no valor das acções da empresa.

Vê, de seguida, a apresentação oficial do novo Tesla S:

Partilhamos uma entrevista da Elon Musk ao USA Today:

Previous Encontramo-nos na Starbucks?
Next ‘Citizenfour’: um documentário sobre Edward Snowden