Nem todos gostam do Apple Pay


O sistema de pagamentos Apple Pay teve a sua estreia na semana passada nos Estados Unidos; diz quem já experimentou que o serviço corresponde ao anunciado por Tim Cook em Junho. A Apple tem do seu lado inúmeros parceiros, que já implementaram ou estão a implementar o novo sistema nos seus pontos de venda. Mas há gigante – como o Walmart ou o Best Buy – que uniram forças para dizer não ao Apple Pay.

O Walmart e o Best Buy, entre outros retalhistas, estão a desenvolver um concorrente ao Apple Pay, que esperam ter pronto no início de 2015. Chama-se CurrentC e, em vez de NFC, usa QR Codes. O sistema será semelhante ao do Apple Pay no sentido em que a informação bancária do cliente não passa para o proprietário da loja (este apenas vê a transacção a acontecer). Alguns retalhistas como a Rite Aid ou a CVS irão adoptar o CurrentC e estão a bloquear os leitores NFC dos seus pontos de venda, evitando o uso quer o Apple Pay quer de outros serviços como o Google Wallet.

Entretanto, Tim Cook garantiu, numa entrevista ao Wall Street Journal, que o sistema de pagamentos da Apple é um sucesso. O CEO da empresa de Cupertino disse ainda que tem ambição de levar o Apple Pay para a China, e desvalorizou o futuro CurrentC.