Lewis Hilsenteger não desiste, faz novo bendtest depois de ter sido acusado de falsificar resultados


Pode dizer-se que Lewis Hilsenteger foi o youtuber que iniciou o movimento #bendgate na Internet. O vídeo que publicou a 23 de Setembro já soma mais de 40 milhões de visualizações no YouTube e foi intensivamente partilhado pela imprensa. Claro que Lewis, mais conhecido por Unbox Therapy, não tardou a receber comentários de espectadores mais atentos, que o acusavam de ter falsificado os resultados.

Em causa, está um alegado corte no vídeo devido a uma montagem para, dizem alguns internautas, espalhar a teoria de que o iPhone 6 Plus se dobra facilmente. Na verdade, nota-se que, durante o bendtest, o relógio do iPhone diz 2:26, mas depois da “tortura”, o que aparece no visor é 1:58. Esta troca de horas pode ser facilmente explicada: o bendtest foi filmado posteriormente e inserido no meio do vídeo principal, tendo sido utilizados mais do que um aparelhos na gravação.

Para afastar todas as dúvidas, Lewis Hilsenteger decidiu fazer um novo bendtest. Pegou num iPhone 6 Plus acabadinho de comprar e dobrou-o. Depois, tentou fazê-lo novamente com o Moto X e novamente não conseguiu.

O youtuber canadiano diz que não acredita que a Apple tenha recebido só 9 queixas, acrescentando que o iPhone 6 é bem mais fraco que os telemóveis da concorrência. Segundo Lewis, os verdadeiros testes serão feitos diariamente pelos utilizadores, e os verdadeiros resultados estarão disponíveis daqui a alguns meses.