Já há data para o regresso dos Pink Floyd

Novembro, dia 10. É este o dia escolhido pelos Pink Floyd (compostos agora por Nick Mason e David Gilmour) para o lançamento de Endless River, que marca o (ainda difícil de digerir) regresso dos Pink Floyd aos discos de originais.

Polly Samson, mulher de Gilmour, já tinha anunciado, em Julho, que um novo trabalho dos Pink Floyd estava a ser preparado e também Durga McBroom, que participou como vocalista de apoio em vários álbuns e concertos da banda, já tinha explicado que o novo álbum irá conter material composto durante as gravações de Division Bell, o último álbum da banda, mas também alguns temas totalmente novos, compostos por Mason e Gilmour.

Hoje, chega-nos a confirmação oficial, através do facebook da banda onde, para além da data, foi publicada a arte do álbum: um homem a navegar um mar interminável de nuvens num barco de madeira. Já é possível reservar o álbum Endless River em CD ou vinil através do link www.pinkfloyd.com/theendlessriver, onde já se podem ouvir alguns segundos do novo trabalho.

pinkfloyd_endlessriveranuncio_disco

As expectativas estão altas, e os fãs de Pink Floyd aguardam curiosos pelo dia 10 de Novembro. Até lá, esperamos um single que revele um pouco daquilo que será o retorno dos Pink Floyd.

Eis a tracklist:

  1. Things Left Unsaid
  2. It’s What We Do
  3. Ebb And Flow
  4. Sum
  5. Skins
  6. Unsung
  7. Anisina
  8. The Lost Art of Conversation
  9. On Noodle Street
  10. Night Light
  11. Allons-y (1)
  12. Autumn’68
  13. Allons-y (2)
  14. Talkin’ Hawkin’
  15. Calling
  16. Eyes To Pearls
  17. Surfacing
  18. Louder Than Words
Partilha nas redes sociais:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Contribui para o Shifter para mais artigos como este:

2 €/mês

5 €/mês

10 €/mês

15 €/mês

Donativo

Artigos Relacionados

Junta-te à Comunidade
Jornalismo é aquilo que fazemos todos juntos. Entra na Comunidade Shifter e faz parte da conversa.
Sabe mais
Em teste

Bem-vind@ ao novo site do Shifter! Esta é uma versão beta em que ainda estamos a fazer alguns ajustes.Partilha a tua opinião enviando email para comunidade@shifter.pt