iOS 8.0.1, o update que “simplesmente não funcionou”


Esta quarta-feira, uma semana depois do lançamento do iOS 8, a Apple disponibilizou uma actualização ao sistema que corrigia finalmente uma série de bugs. Todavia, a emenda mostrou-se pior que o soneto. Este iOS 8.0.1 foi lançado com um outro conjunto de bugs, que colocou alguns utilizadores sem rede móvel, e que levou a Apple a fazer algo que nunca havia feito: remover uma actualização a software seu de circulação.

O iOS 8.0.1 foi retirado do ar 1 hora depois de ter sido lançado. Em causa, estavam as queixas de muitos utilizadores do iPhone 6 que tinham ficado sem ligação à rede móvel e e com o TouchID a não funcionar. “Pedimos desculpa pelo incómodo causado aos utilizadores do iPhone 6 e do iPhone 6 Plus devido a um defeito no iOS 8.0.1”, disse a Apple ao The Verge.

De acordo com fontes não oficiais, mas próximas ao assunto, citadas pelo mesmo site, cerca de 40 mil pessoas descarregaram o iOS 8.0.1, antes de ele ter sido retirado de circulação.

A imprensa rapidamente fez artigos a explicar como voltar a instalar o iOS 8 de novo, enquanto a Apple preparava uma nova actualização. O iOS 8.0.2 chegou esta madrugada e, para bem da sanidade mental de todos, sem bugs.

Entretanto, a agência noticiosa Bloomberg avança que o responsável pelo iOS 8.0.1 cheio de bugs foi a mesma pessoa que, em 2012, esteve à frente do lançamento do sistema de mapas da Apple, que, recorde-se, também chegou ao mercado instável e com imensos erros. “As coincidências não se ficam pelo pedido de desculpas dado pela Apple aos consumidores descontentes”, começa por dizer a agência noticiosa.

“Essa mesma pessoa foi responsável por detectar problemas antes de ambos os produtos serem lançados. Josh Williams, manager intermédio que assegura a qualidade dos softwares iOS mobile de todo o grupo Apple, foi também responsável pelo controlo de qualidade dos mapas, segundo fontes familiarizadas com a estrutura de gestão da empresa.”

Williams foi retirado da equipa dos mapas depois do lançamento do serviço, mas continuou envolvido no teste do iOS. Ainda assim, a Bloomberg reconhece que a culpa não foi só de um funcionário. “Numa empresa do tamanho da Apple, não há só uma pessoa responsável pelos problemas grandes que acontecem ao nível do software. Williams trabalhava com outros na correcção de erros antes de novo software ser lançado”, diz.

Seja como for, a Apple errou e errou bem. O “simplesmente funciona” que Steve Jobs proclamava já não pode ser tido como uma máxima no que ao software da empresa diz respeito. O iOS 8.0.1 “simplesmente não funcionou”.

Previous Um dia, calha a todos...
Next Sem avisar ninguém, Thom Yorke colocou um álbum novo no BitTorrent