Garrafas com os nossos nomes aumentaram as vendas da Coca-Cola pela 1ª vez numa década


A campanha Share a Coke da Coca-Cola – que colocou os nossos nomes nas garrafas e latas da icónica bebida – foi responsável por um aumento de 2% das vendas no mercado norte-americano, diz o Wall Street Journal. Trata-se do primeiro aumento em 11 anos de queda.

Parece que a solução para colocar os norte-americanos a beber novamente cola é colocando os seus nomes nas embalagens, foram usados mais de 250 nomes diferentes. As garrafas e latas podiam também conter nomes mais genéricos, como “Friends”, “BFF” ou “Family”. Pela personalização, a campanha pareceu apelativa a todos, mas especialmente aos consumidores mais jovens. “No final do dia, o nosso nome é a coisa mais pessoal que temos. É a nossa impressão digital, a nossa identidade numa palavra”, disse Lucie Austin, um dos responsáveis pela marca.

A Coca-Cola diz que o Share a Coke é apenas uma acção temporária, e que as garrafas e latas normais estão a ser repostas nos pontos de venda. Contudo, de acordo com Evan Holod, gestor sénior da marca, citado pelo Wall Street Journal, diz que a empresa está a ponderar recuperar a campanha no próximo ano.

A campanha Share a Coke começou na Austrália em 2011, pelas mãos dos criativos da agência de publicidade Ogilvy. Foi posteriormente exportada para mais de 70 países, incluindo os Estados Unidos este Verão.

Previous Feminista, eu?
Next Investigadores da Universidade de Rochester conseguem tornar-te invisível