Bill Gates doou 50 milhões de dólares para ajudar o combate ao ébola


A Fundação Bill & Melinda Gates anunciou recentemente a doação de um total de 50 milhões de dólares (38 milhões de euros) para ajudar no combate ao vírus ébola na África Ocidental.  A contabilidade mais recente da Organização Mundial de Saúde (OMS) diz que o ébola já matou 2 461 pessoas, naquele que é o pior surto do vírus da história.

Esta doação de Bill Gates é a sua maior contribuição de sempre a uma causa humanitária, assegura a Associated Press. Colocando o valor (50 milhões de dólares) em perspectiva com outras doações já feitas por outras organizações para a mesma causa (combate ao ébola), temos este quadro:

  • a OMS dou 100 milhões de dólares
  • o Banco Mundial deu 200 milhões de dólares
  • a Comissão Europeia ofereceu 181 milhões de dólares
  • os Estados Unidos despendeu 75 milhões de dólares

De acordo com a Fundação Bill & Melinda Gates, os 50 milhões de dólares poderão ser utilizados de imediato pelas Nações Unidas e pelas organizações internacionais, com o intuito de controlar esta praga humanitária, evitando a sua propagação. Aliás, do total de 50 milhões, 5 milhões já foram para a OMS e outros 5 milhões foram alocados para a UNICEF.