Rapper moçambicano Azagaia tem um tumor cerebral e pede ajuda no Indiegogo


O músico de intervenção social moçambicano Edson da Luz, mais conhecido por Azagaia, pediu ajuda aos fãs através da campanha Azagaia Brain Tumor Operation Fund, publicada na plataforma Indiegogo, para angariar fundos para a extracção de um tumor cerebral.

O tumor cerebral temporal está alojado no lado esquerdo do cérebro de Azagaia e foi diagnosticado há dois meses, depois do cantor ter sofrido duas crises convulsivas que o deixaram debilitado tanto a nível motor como psicológico. Os exames realizados em Moçambique e na África do Sul revelaram ainda que, se não recorrer a uma cirurgia de extracção intra-craniana, o rapper poderá ter apenas mais dois anos de vida.

Azagaia (nome que significa lança de arremesso) é um cantor de intervenção social cujos temas se focam na situação instável de Moçambique e na crise no Zimbábue, e que ficou conhecido em 2007 com “As Mentiras da Verdade”, cujo tom de denúncia e revolta foi motivo de debate em vários blogs moçambicanos e portugueses. A sua música afiada já lhe valeu uma intimação. O rapper teve de apresentar-se na Procuradoria moçambicana em 2008 devido ao tema “Povo no Poder”, que fala da greve e das manifestações nas cidades de Maputo e Matola do dia 5 de Fevereiro desse ano (acontecimentos sobre os quais práticamente não existem publicações dos media), mas não foram feitas acusações.

Ainda em 2008, esteve em Portugal para actuar no Festival Mestiço, um festival de música do mundo realizado no Porto, e partilhou o palco com os músicos de hip-hop Marcelo D2 e com o português Sam The Kid.

Desde que lançou o seu primeiro álbum a solo, Balbaze, que o Mano Azagaia tem juntado uma legião de fãs que tem demonstrado apoio incondicional durante esta fase da vida do cantor. Na sua página de Facebook, seguida por mais de 23 mil pessoas, podem ler-se mensagens como: “A minha contribuição será feita, mano Aza” e “Mano Azagaia, conta comigo. O pouco que tenho mando para apoiar. […] Você é o melhor. Força”.

A campanha no Indiegogo, que foi publicada no dia 24 de Agosto, já conta com mais de 6 mil dólares em doações e irá decorrer até ao dia 13 de Outubro. Dada a visibilidade que está a ter e a rapidez com que está a angariar fundos, é provável que consiga atingir os 25 mil dólares (aproximadamente 19 mil euros) necessários para que o cantor faça os tratamentos na Índia. Azagaia, original de Maputo, foi aconselhado a procurar tratamentos naquele país asiático devido à taxa de sucesso ali registada para aquele tipo de cirurgia e pela rapidez com que os pacientes com doenças graves são internados.

Depois de especulação sobre a veracidade dos factos relacionados com o tumor do rapper revolucionário, Edson da Luz publicou esta mensagem no Facebook: “Até este momento que vos escrevo, há pessoas que pensam que estou a inventar esta doença para ganhar publicidade. De verdade vos digo. Desde os meus 22 anos, quando lancei a música ‘As mentiras da Verdade’, desde essa altura que eu disse para mim mesmo: – Se eu morrer por causa do que acredito, eu morro feliz da vida! Hoje tenho 30 anos e a cada dia sinto-me mais feliz. Portanto, a minha vida só tem importância se for útil para outra vida. Os que me conhecem sabem muito bem disso. Para as pessoas que duvidam, liguem-me”. O cantor continua a mensagem dando os seus contactos e os dados das contas para onde os doadores poderão fazer as suas transferências e depósitos.

Azagaia não ficará totalmente livre de perigo se conseguir atingir a meta monetária traçada. Terá ainda de passar pela cirurgia que traz novos riscos para a mesa. Por se encontrar num lobo temporal, o tumor em crescimento, bem como a sua extracção, poderá provocar danos permanentes na fala, mas graças às técnicas cirúrgicas modernas, é possível que a operação não provoque sequelas significativas.