O sexo, a cidade e as marcas

O product placement é uma prática recorrente em filmes, série e programas televisivos. Contudo, nem sempre é bem feito. Há marcas que gastam milhares de dólares nesta técnica para nada, dado que o espectador simplesmente não as memoriza.

Essa falta de memorização acontece, provavelmente, por as marcas estarem no filme ou na série sem uma ligação à história do mesmo. Descontextualizadas. Por exemplo, sabias que nas seis temporadas de Sex and The City foram mencionadas 324 marcas num total de 838 menções?

As contas não são nossas. São de Pierre Buttin, um designer industrial francês.

Eis as marcas mais mencionadas.

  • Vogue (36 vezes)
  • Martini (34 vezes)
  • Yankees (26 vezes)
  • Knicks (25 vezes)
  • New York Times (24 vezes)
  • Manolo Blahnik (16 vezes)
  • Dolce & Gabbana (15 vezes)
  • Prada, Post-It (14 vezes cada uma delas)
  • Chanel (13 vezes)
  • Gucci (12 vezes)
Partilha nas redes sociais:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
  • O Rúben é Marketing Coordinator do Shifter. Estudou Publicidade e Marketing na Escolha Superior de Comunicação Social, em Lisboa, e é digital strategist na agência Arc.

Contribui para o Shifter para mais artigos como este:

2 €/mês

5 €/mês

10 €/mês

15 €/mês

Donativo

Artigos Relacionados

Junta-te à Comunidade
Jornalismo é aquilo que fazemos todos juntos. Entra na Comunidade Shifter e faz parte da conversa.
Sabe mais
Em teste

Bem-vind@ ao novo site do Shifter! Esta é uma versão beta em que ainda estamos a fazer alguns ajustes.Partilha a tua opinião enviando email para comunidade@shifter.pt