George R.R. Martin está disposto a matar-te por 20 mil dólares


Que George R.R. Martin é um dos melhores autores dentro do género ninguém duvida. A sua escrita rica, um fio narrativo absolutamente alucinante e uma propensão para ceifar vidas de personagens que vão conquistando o nosso apreço são características que todos lhe conhecem e que notabilizaram a sua obra maior, A Song of Ice and Fire, entretanto levada para a televisão como Game of Thrones.

Mas o que poucos sabem é que George R.R. Martin é também um protector da natureza, e que há anos que ajuda o Wild Spirit Wolf Sanctuary, uma institiução em Santa Fe (nos EUA) que protege os lobos – espécie da qual o autor é fã declarado.

Empenhado em recolher fundos para ajudar o Wild Spirit Wolf Sanctuary, Martin lançou uma campanha de modo a envolver os fãs nos seus objectivos. Assim, mediante a quantia doada na plataforma de crowdfunding Priezo, cada colaborador recebe uma gratificação.
martin_crowdfundingmortes_prizeo

As quantias envolvidas começam na base de 10 dólares e os prémios vão desde um cartão de agradecimento até ao chapéu usado pelo autor, passando por elementos alusivos à série como mapas e guiões autografados pelo elenco de Game of Thrones. (In)felizmente alguns dos patamares das licitações já estão ocupados: tomar o pequeno-almoço por 15 000 dólares ou receber um dos chapéus do autor por 7 500 dólares são duas delas.

Outro patamar ocupado é dos 20 000 dólares. Existiam apenas duas vagas – uma para um homem e uma para uma mulher – e a recompensa era demasiado tentadora: ter a sua própria personagem na saga literária. Podia-se inclusive escolher o que se queria ser no mundo de Westeros, com opções que incluiam prostitutas, septões, cavaleiros ou até mesmo lordes. O único senão de tudo isto residia no facto de essas duas personagens já terem a sentença lida: a garantia de uma morte às mãos de um autor que já nos habituou a assassinar os protagonistas dos seus livros. Rapidamente dois fãs acérrimos dos dois sexos se chegaram à frente com 20 mil dólares.

Para os menos endinheirados, apenas uma pequena contribuição garante lugar num sorteio no qual o vencedor ganha uma viagem a Santa Fé para conhecer a instituição com George R.R. Martin. Uma perspectiva de um dia bem passado em prol da conservação da vida animal.

Previous Surpresa no Mundial da publicidade: Beats 1 – 0 Nike
Next Pósteres de filmes que são só folhas de papel