O browser mais detestado do Mundo está finalmente morto

O Internet Explorer 6 (ou IE6) apareceu em 2001 com o Windows XP e rapidamente se tornou o browser mais detestado, insultado e ridicularizado do Mundo. Mas ontem, juntamente com o fim do suporte ao XP, a Microsoft colocou também um ponto final no IE6.

Os muitos bugs, a falta de segurança e os problemas de incompatibilidade fizeram do Internet Explorer 6 o pior browser de sempre. No entanto, o mais popular. A Microsoft aproveitou-se da queda do Netscape Navigator e do facto de o Windows estar instalado na maior parte dos computadores para penetrar em força o Internet Explorer no mercado. E acomodou-se à falta de concorrência: durante cerca de 5 anos o Internet Explorer não passou da versão 6; o Internet Explorer 7 chegou apenas em 2006.

Com 12 anos, o Internet Explorer 6 ainda mantém uma quota de mercado de 4,15%. Uma minoria, portanto.

Partilha nas redes sociais:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
  • Jornalista, adepto de cidades humanas e curioso por ideias que melhorem o país. Co-fundei o Shifter em 2013, sou desde 2020 coordenador do projecto editorial Lisboa Para Pessoas.

Contribui para o Shifter para mais artigos como este:

2 €/mês

5 €/mês

10 €/mês

15 €/mês

Donativo

Artigos Relacionados

Junta-te à Comunidade
Jornalismo é aquilo que fazemos todos juntos. Entra na Comunidade Shifter e faz parte da conversa.
Sabe mais
Em teste

Bem-vind@ ao novo site do Shifter! Esta é uma versão beta em que ainda estamos a fazer alguns ajustes.Partilha a tua opinião enviando email para comunidade@shifter.pt